Dívida directa do Estado supera os 200 mil milhões

Dívida directa do Estado supera os 200 mil milhões

438
PARTILHE
Ministério das Finanças
Números revelados mostram a difícil situação das finanças públicas do país

A dívida pública direta do Estado superou os 200 mil milhões de euros no final de fevereiro, de acordo com o IGCP, que diz ainda que Portugal só deverá receber a próxima tranche do empréstimo internacional em Maio.
No seu boletim mensal hoje publicado, a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública — IGCP diz que terá atingido em fevereiro os 200.194 milhões de euros o valor da dívida direta do Estado (não consolidada para efeitos de contabilidade nacional, ou seja, inclui toda a dívida emitida pelo Estado, até a que está nas mãos de entidades públicas e que normalmente são retiradas na contabilização feita por Bruxelas e pelas autoridades estatísticas).
O IGCP diz ainda que só em maio Portugal deverá receber a próxima tranche do empréstimo, na sequência da avaliação positiva da sétima avaliação do Programa de Assistência Económica e Financeira pela ‘troika’ (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu), que ficou conhecida na sexta-feira em conferência de imprensa dada pelo Ministério das Finanças.

Facebook Comments

Comentários no Facebook