ANA Aeroportos escolhe Faro para apresentação mundial

ANA Aeroportos escolhe Faro para apresentação mundial

345
PARTILHE
Aeroporto de Faro
Projecto SECAIR vai ser apresentado depois de amanhã no Aeroporto de Faro

A ANA Aeroportos de Portugal escolheu o Aeroporto de Faro para a apresentação do inovador Projecto SECAIR, naquela que será a primeira apresentação pública do sistema a nível Mundial, adiantou ao POSTAL Rui de Oliveira, responsável das relações públicas da empresa.

De acordo com estudos publicados, cerca de 90% das situações consideradas críticas em ambiente aeroportuário são relativas a acidentes verificados durante a permanência dos aviões em pista, nomeadamente, durante as operações de handling (cargas e descargas) e reabastecimento.

Com o projecto SECAIR, desenvolvido em parceria pela ANA e por um conjunto de outras empresas europeias, pretende-se implementar uma plataforma de gestão integrada dos diversos serviços aeroportuários em tempo real, disponibilizando informação e sistemas de gestão que evitem acidentes durante a operação de aeronaves, muito em particular, adiantou a ANA ao POSTAL, permitindo a disponibilização de alertas em tempo útil capazes de evitar a colisão das aeronaves com obstáculos.

O novo sistema será apresentado depois de amanhã, dia 12 de Fevereiro, no Aeroporto de Faro e contará com a presença de inúmeras entidades nacionais e internacionais com interesse na área, avança a empresa.

- Pub -

O SECAIR está em fase de conclusão e pretende dar resposta a questões importantes relacionadas com Security e Safety em ambientes aeroportuários e tem por objetivo investigar e desenvolver uma solução em tempo real de monitorização de Aeronaves, veículos e pessoas, no terminal de passageiros e área de movimento, independentemente das condições atmosféricas.

Em Faro, durante todo o dia, serão realizadas demonstrações práticas das funcionalidades do sistema, além da componente de apresentação teórica do mesmo aos convidados.

A ANA Aeroportos de Portugal foi recentemente privatizada sendo actualmente um activo da Vinci, um dos gigantes do sector da gestão concessionada a nível internacional, que assim passou a ser a proprietária dos direitos de concessão, pelo prazo de 50 anos, dos dez aeroportos de Portugal. A estes activos a Vinci soma na área e a nível mundial a gestão de dez aeroportos em França e três no Cambodja.

Facebook Comments

Comentários no Facebook