Algarve mostra vinhos na BTL

Algarve mostra vinhos na BTL

386
PARTILHE

 

Desidério Silva
Desidério Silva apresentou o novo guia de vinhos

O Algarve é uma região com marcadas tradições vitivinícolas, muito embora muitos dos algarvios e daqueles que nos visitam desconheçam esta realidade. Facto é que esta tradição ganha hoje cada vez maior importância, não só no que toca à actividade ligada à vitivinicultura propriamente dita mas, também, naquilo que esta pode significar quando promovida com o turismo de forma a aproveitar as sinergias de ambos os sectores.

A pensar nesta equação de valor acrescentado, a Região de Turismo do Algarve (RTA) apresentou na passada semana, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), uma edição revista e aumentada do Guia de Vinhos do Algarve.

Cinco anos depois do lançamento da primeira edição deste guia em suporte papel, a RTA volta a apostar no produto comunicacional juntando, sob a direcção do enólogo Hermínio Fernandes Rebelo, o que de melhor se produz na região em matéria de vinhos.

- Pub -

Desta feita, 24 produtores e 76 vinhos fazem as delícias dos seguidores de Baco (ou de Dionísio para os que estão mais próximos da cultura grega) e dão corpo à apresentação das quatro zonas DOP (Denominação de Origem Protegida) da região, Lagos, Portimão, Lagoa e Tavira.

Muito mais do que vinho

O novo guia é muito mais do que um simples repositório de referências vinícolas, é alma e saber condensado, levado aos leitores em jeito de convite a viver os vinhos algarvios.

Reinventados nos últimos anos, depois de um período de quase abandono, os misteres da arte vitivinícola algarvia estão hoje no caminho da excelência, com produtos capazes de responder a ele-vados padrões de exigência de apreciadores nacionais e estrangeiros.

As adegas são em larga medida espaços de experiências únicas e por isso mesmo constituem, lado-a-lado com as vinhas expostas ao sol algarvio, locais de excelência para a oferta de actividades conexas com o turismo.

Assim, pelo palato, como pelo olhar, mas acima de tudo com muita alma, a proposta é que os turistas conheçam o Algarve vinhateiro como uma das muitas faces que a região mais a sul do país pode mostrar.

Desidério Silva, presidente da RTA, é claro ao assumir a aposta da instituição na divulgação na BTL de produtos de oferta conexa com o turismo e que podem aumentar a cadeia de valor que está associada à principal actividade da região.

“Temos que cativar os turistas pela boca”, diz, acrescentando que nesta matéria “a gastronomia, com a dieta mediterrânica acompanhada de bons vinhos, deve ser um elemento diferenciador do destino Algarve”.

Somos mais do que Sol & Mar e a prova disso está nesta escolha da RTA, como diz Desidério Silva, “sol, mar, praia e golfe já estão referenciados, mas temos que divulgar o que é complementar a isso”.

Rota dos Vinhos disponível on-line

Entretanto, numa parceria entre a RTA e a Comissão Vitivinícola do Algarve, já está disponível on-line um sítio com as rotas dos vinhos do Algarve.

Um espaço privilegiado para os internautas conhecerem percursos, adegas, vinhos e a alma vinhateira regional, numa plataforma que convida a percorrer a região com os sabores de uva feita líquido como guias.

Restaurantes, adegas, produtores, alojamento, percursos e muito mais, num sítio on-line à espera de quem quer conhecer um outro Algarve à distância de um clique em http://www.rotadosvinhos-doalgarve.pt/.

Criado foi ainda um passaporte que, como os verdadeiros, permite aos visitantes verem reconhecida a sua passagem pelos pontos de interesse dos roteiros propostos no sítio da Rota dos Vinhos do Algarve, por entre dicas e sugestões sobre cada um dos momentos raros para que se convidam os visitantes.

Há pois um outro Algarve para descobrir, desta vez com o vinho como anfitrião.

Facebook Comments

Comentários no Facebook