Santuário de Fátima entra em obras

Santuário de Fátima entra em obras

455
PARTILHE
Basílica Nossa Senhora do Rosário
Basílica Nossa Senhora do Rosário e parques de estacionamento vão ter intervenções de requalificação

O Santuário de Fátima vai ser alvo de obras de requalificação, avançou à Agência Lusa o administrador do espaço religioso, padre Cristiano Saraiva.

A Basílica do Rosário, a primeira a ser construída em honra das aparições da Senhora de Fátima, que foi consagrada em 1953 e cuja construção foi iniciada em 1928, será alvo de limpeza e de melhorias em “várias questões importantes”, refere a mesma fonte.

Na lista das intervenções estão a “iluminação e a criação de medidas de segurança e auto-protecção”, além de trabalhos nos túmulos de Francisco, Jacinta e Lúcia, os três pastorinhos, que ali se encontram.

A basílica é um dois maiores e mais importantes santuários marianos do mundo, tem mais de 70 metros de comprido e 37 de largura e ostenta uma torre sineira de 65 metros de altura.

Em 2007, foi inaugurada em frente à Basílica do Rosário a Basílica da Santíssima Trindade, um gigantesco edifício com uma área de implantação de 40 mil metros quadrados.

A última grande intervenção na Basílica do Rosário teve lugar em 2005, quando foi levada a cabo uma limpeza integral da fachada do edifício e de toda a área das colunatas laterais.

Mais obras para os peregrinos

Anunciada pela Administração do santuário foi também a intervenção ao nível das zonas de estacionamento das traseiras da Basílica do Rosário, entre os parque 2 e 9.

Aqui as obras pretendem reforçar as zonas verdes e as sombras naturais e artificiais, bem como, os parques de merendas. Na calha estão também intervenções ao nível da melhoria de acessos e sinalética entre os parques e o recinto do santuário.

Estas obras em específico devem estar terminadas em sete meses, avança a Administração do Santuário de Fátima, pelo que não estarão ainda prontas a tempo do próximo momento alto de peregrinação, o 13 de Maio.

(com Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook