Espectáculo solidário ajuda instituição de Portimão

Espectáculo solidário ajuda instituição de Portimão

271
PARTILHE
TEMPO
Espectáculo realiza-se a 9 de Maio no Teatro Municipal de Portimão e conta com grandes nomes da música

Um espectáculo de variedades terá lugar na sexta-feira, dia 9 de Maio, pelas 21.30 horas, no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão.

Trata-se de um evento solidário com o objectivo de apoiar o GRATO – Grupo de Apoio aos Toxicodependentes, que se encontra actualmente perante inúmeras dificuldades financeiras.

O espectáculo de variedades conta com a presença do Grupo Coral Adágio, da fadista portimonense Joana Rato, dos grupos de cantares de raiz tradicional portuguesa, Puracura e Banda Alhada; de Viviane, do Duo Em Sol Maior, da fadista Helena Castro, e de um artista surpresa de reputação nacional e internacional.

Segundo Fernando Gião, presidente do Rotary Club da Praia da Rocha, “não poderíamos, enquanto membros activos da sociedade, deixar de colaborar com uma instituição da cidade que alimenta mais de 50 famílias por dia e que presta apoio a todos os que lhe batem à porta, mesmo que sejam de outros concelhos do Algarve e do País, como tantas vezes acontece. Sendo o nosso lema ‘dar de si, antes de pensar em si’, só podemos colaborar com todos os que necessitam e o GRATO precisa de todos nós neste momento tão difícil da nossa sociedade, onde os mais frágeis precisam ainda de mais ajuda”.

- Pub -

Evento é organizado pelos rotários da Praia da Rocha

Maria Júlia Travessa, reformada do ensino, assumiu em 2007 a direcção da instituição, que viu nascer e acompanhou, ao longo dos anos, ao lado de Celina Leal, sua antecessora. Esta dirigente assume hoje as dificuldades financeiras pelas quais a instituição passa. Consciente que “hoje, mais do que nunca, não podemos voltar as costas uns aos outros. É nestes momentos difíceis, em que todos somos colocados à prova, que temos de nos superar tanto a nível pessoal como colectivo. Estou convicta de que só podemos continuar a caminhar para um mundo melhor, quando soubermos colaborar mais uns com os outros do que rivalizarmos por minudências. A presença de todos os nossos amigos neste evento que está a ser organizado pelos rotários da Praia da Rocha, será, para nós, um meio de sobrevivência nos próximos tempos. O apelo que faço é que assistam a este espectáculo de variedades onde participam, maioritariamente, artistas algarvios e portimonenses de grande qualidade e valor”, reitera Júlia Travessa

O GRATO é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, fundada a 26 de Abril de 1995, em Portimão, com âmbito de acção local e regional. Aquando da sua fundação, tinha como objectivo principal, a prestação de serviços à comunidade na área da toxicodependência.

Actualmente, os serviços do GRATO são muito mais alargados, apoiando, não só, pessoas que estejam directa ou indirectamente relacionadas com o problema da droga, mas também, na prestação de serviços à comunidade desfavorecida e excluída socialmente. O GRATO tem como público-alvo todo o tipo de população desfavorecida socialmente, com uma faixa etária muito diversificada, que pode ir desde os 4 meses (creche) aos 70 anos.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook