Polis requalifica marginal de Santa Luzia

Polis requalifica marginal de Santa Luzia

234
PARTILHE
A obra tem um custo de 605 mil euros
A obra tem um custo de 605 mil euros

Com um custo programado de 605 mil euros, a Sociedade Polis Litoral Ria Formosa lançou o concurso público de requalificação da marginal de Santa Luzia, no concelho de Tavira, entre aquela localidade e o aldeamento turístico de Pedras d’El Rei, mais uma das obras que integram os trabalhos de requalificação a cargo desta sociedade de capitais públicos.

De acordo com o projecto, a intervenção tem por objectivo “a requalificação e valorização deste espaço público, criando um percurso com a distinção dos usos pedonal e ciclável e, ainda, um espaço de lazer e recreio com algum equipamento urbano ligeiro, adequado ao meio envolvente, promovendo uma articulação com a marginal de Santa Luzia”.

Junto a Pedras d’el Rei nascerá “uma pequena praça de apoio” e ainda um “acesso ao cais de embarque, nomeadamente, para veículos de emergência”, refere a entidade dona da obra.

Os trabalho vão ainda reforçar a capacidade para estacionamento automóvel ao longo do troço intervencionado, bem como, incluir a plantação de árvores e sebes arbustivas e instalação de mobiliário urbano.

- Pub -

Financiamento

Com o custo total da obra a ascender, com IVA, a mais de 740 mil euros, o financiamento está a cargo do capital social da Polis Litoral Ria Formosa, S.A., componente oriunda da Câmara de Tavira, e de fundos comunitários através do Programa Operacional Algarve 21.

A inaugurar no decurso de 2015, a obra tem um prazo de execução, depois de lançada no terreno, de 240 dias.

Os trabalhos vão assim permitir fechar o grosso dos investimentos na zona marginal de Santa Luzia, uma vez que, a frente ribeirinha da localidade já tinha sido completamente intervencionada. Por outro lado a ligação entre a Santa Luzia e Tavira foi alvo de requalificação integral por parte da Câmara de Tavira, uma obra que colocou a ligação rodoviária e a circulação pedonal e ciclável entre a sede da freguesia e a sede do concelho no século XXI.

Acesso a Cabanas de Tavira já em obra

Com um ligeiro atraso face à data prevista já está em trabalhos o acesso a Cabanas de Tavira, uma obra que nesta segunda fase promete requalificar o troço entre a rotunda junto à passagem-de-nível ainda na Conceição de Tavira e o pontão de sobre a ribeira à entrada de Cabanas de Tavira.

No âmbito destes trabalhos estão o alargamento da via, a requalificação da passagem-de-nível e a criação de passeios, como o Postal já tinha noticiado.

Facebook Comments

Comentários no Facebook