António Costa “tem que reunir apoios” para ter congresso

António Costa “tem que reunir apoios” para ter congresso

310
PARTILHE
António Costa já tinha sido muito crítico face aos resultados do PS nas Europeias
António Costa já tinha sido muito crítico face aos resultados do PS nas Europeias

A direcção do Partido Socialista sublinhou, ontem ao final do dia, que “não há nenhum congresso marcado antes do final de 2015” e afirmou que, se António Costa quer disputar a liderança do partido, “tem que reunir apoios para convocar democraticamente o congresso”.

“António Costa anunciou que quer disputar a liderança, mas tem que reunir os apoios para convocar democraticamente o congresso. Somos um partido com regras democráticas. Não há nenhum congresso marcado antes do final de 2015”, sublinha fonte da direcção.

A mesma fonte critica o anúncio feito hoje pelo presidente da Câmara de Lisboa de que está disponível para se candidatar à liderança do PS, dois dias depois das eleições europeias: “Não se entende esta atitude de divisão do PS quando devíamos estar unidos em torno de uma vitória.” 

António Costa anunciou disponibilidade para a liderança

- Pub -

Tal como o Postal tinha noticiado (VER), actual presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, anunciou ontem que está disponível para avançar para a liderança do PS e disse que na hoje se reunirá com o secretário-geral do partido, António José Seguro.

“Estou disponível para tudo e falarei hoje com o secretário-geral. Estou disponível, não quero que haja qualquer tabu, qualquer equívoco, eu estou disponível para assumir as minhas responsabilidades”, disse António Costa.

Em declarações aos jornalistas no final de uma cerimónia na Ribeira das Naus, em Lisboa, o actual presidente da câmara lisboeta defendeu que “Portugal precisa de uma solução de governo forte que garanta a mudança”.

Recorde-se que António Costa foi uma das vozes críticas dos resultados do PS nas eleições europeias.

(agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook