Castelo de Castro Marim mostra ‘FRONTEiRAS’

Castelo de Castro Marim mostra ‘FRONTEiRAS’

196
PARTILHE
Exposição de fotografia
Exposição apresenta 200 fotografias dentro das antigas caixas de madeira onde se transportava o peixe

A Igreja do Castelo de Castro Marim acolhe, até ao próximo dia 27, a exposição de fotografia “FRONTEiRAS – Industrias Conserveras y Salazoneras del Guadiana”, que recupera a memória da actividade nas indústrias conserveiras e salineiras do Guadiana.

“FRONTEiRAS” reúne cerca de 200 fotografias, expostas nas antigas caixas de madeira onde se transportava o peixe. A exposição está dividida em três conjuntos: Passado – fotografias antigas de Ayamonte e Vila Real de Santo António (VRSA), com referências a barcos, marinheiros, pescadores; Presente – resultado de um concurso de fotografia sobre Ayamonte, Castro Marim e VRSA; Futuro – fruto dos resultados do “I Seminário Hispano-Luso FRONTEiRAS – Património Industrial Conserveiro e Salineiro”, um total de 52 imagens de projectos de reabilitação para as antigas fábricas de Ayamonte e VRSA.

A exposição, integrada no âmbito da Eurocidade do Guadiana, já passou por Ayamonte e seguirá posteriormente para Vila Real de Santo António. Pode ser visitada todos os dias, entre as 9 e as 19 horas.

Facebook Comments

Comentários no Facebook