Castro Marim reinsere uma centena de desempregados

Castro Marim reinsere uma centena de desempregados

209
PARTILHE
Protocolo entre a Câmara e as IPSS de Castro Marim cria uma centena de postos de trabalho
Protocolo entre a Câmara e as IPSS de Castro Marim cria uma centena de postos de trabalho

O protocolo celebrado, a 10 de Dezembro de 2013, entre a Câmara de Castro Marim e as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho (Associação Cegonha Branca, Associação dos Amigos e Naturais de Castro Marim “Sapal Verde”, Associação de Bem Estar Social da Freguesia de Azinhal “ABESFA”, Associação Social da Freguesia de Odeleite, Santa Casa da Misericórdia de Castro Marim, Associação dos Amigos e Naturais do Azinhal “ANA” e Casa do Povo do Azinhal), assegurou já a reinserção profissional de cem munícipes desempregados.

Após a aprovação das candidaturas aos diversos programas do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), o Município de Castro Marim financia a fracção não subsidiada por este organismo. Os beneficiários das candidaturas são distribuídos pelas IPSS do concelho e também pelos serviços da autarquia.

Para o presidente da autarquia castromarinense, Francisco Amaral, trata-se de um esforço financeiro municipal muito significativo, no sentido de combater “o flagelo social dos nossos dias e de ajudar as famílias, que atravessam um momento muito difícil das suas vidas. Espero que um dia, que acredito seja próximo, a economia recupere e esta ajuda deixe de ser necessária”, afirmou na ocasião, referindo-se também à elevada taxa de desemprego na data, cerca de 15% da população activa existente no concelho e uma das maiores da região do Algarve.

Facebook Comments

Comentários no Facebook