Algarvios doaram 125 toneladas de alimentos

Algarvios doaram 125 toneladas de alimentos

248
PARTILHE
Banco Alimentar
Bens alimentares recolhidos pelo Banco Alimentar Contra a Fome serão distribuídos por quem mais precisa

O Banco Alimentar (BA) Contra a Fome do Algarve recolheu no último fim-de-semana 125 toneladas de alimentos na campanha realizada em 140 superfícies comerciais, menos 19 toneladas face à campanha realizada na mesma altura do ano passado e menos 33 do que as conseguidas na região na última campanha em Novembro.

A recolha do fim-de-semana mobilizou cerca de 2.500 voluntários e os bens alimentares serão distribuídos localmente, já a partir da próxima semana, a 15.500 pessoas com carências alimentares comprovadas, através de 70 Instituições de Solidariedade Social previamente seleccionadas para o efeito e supervisionadas pelo BA do Algarve.

Houve um decréscimo de 15% em comparação com 2013

 A nível nacional, o BA recolheu mais de duas mil toneladas de alimentos em cerca de duas mil superfícies comerciais, números que representam um decréscimo de 15% em comparação com 2013.

- Pub -

Em comunicado, a presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, Isabel Jonet, agradeceu o apoio de todos, apesar de salientar que houve “algum decréscimo registado em relação à campanha homóloga do ano anterior”, justificando-o com a menor presença de pessoas nas lojas devido a “diversos eventos musicais, desportivos e de ter sido o primeiro fim-de-semana de bom tempo”.

Os Bancos Alimentares Contra a Fome recolheram 2.081 toneladas de géneros alimentares na campanha realizada em 1.995 superfícies comerciais em todo o país.

Os resultados não integram ainda os donativos efectuados no âmbito da Campanha Vale nem através da plataforma on-line, outras das formas que têm sido escolhidas pelos particulares pelo “nível de conforto” e de “facilitação da operação logística”, segundo o comunicado.

Os géneros alimentares recolhidos vão ser distribuídos, a nível nacional, a 2.257 Instituições de Solidariedade Social, que, posteriormente, os entregam a cerca de 375 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confeccionadas.

Ao longo desta semana há ainda a possibilidade de contribuir para os Bancos Alimentares Contra a Fome pela internet em www.alimentestaideia.net, além da campanha “Ajuda Vale” continuar em algumas grandes superfícies e bombas de gasolina.

Pela primeira vez Angola realizou uma acção de recolha de bens idêntica, com nove toneladas de alimentos a serem angariadas com recurso a voluntários.

(Agência Lusa)

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook