Loulé é Cidade Europeia do Desporto 2015

Loulé é Cidade Europeia do Desporto 2015

232
PARTILHE
Gian Francesco Lupatteli, presidente da Associação das Capitais Europeias do Desporto, e Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé
Gian Francesco Lupatteli, presidente da Associação das Capitais Europeias do Desporto, e Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé

Loulé foi escolhida para “Cidade Europeia do Desporto 2015”, anunciou no passado sábado o presidente da Associação das Capitais Europeias do Desporto (ACES) Europe, Gian Francesco Lupatteli, elogiando o trabalho feito pelo município em conjunto como as associações desportivas do concelho.

A selecção do concelho foi encarada pelo presidente da Câmara de Loulé, Vítor Aleixo, como um “momento extremamente importante na história do município” e o reconhecimento do trabalho que há muitos anos, com muitos protagonistas e com a construção de vários espaços adequados à prática desportiva.

Gian Lupatteli convidou a autarquia a estar em Bruxelas a 5 de Novembro para a cerimónia de entrega da bandeira de Cidade Europeia do Desporto.

Anualmente, a ACES elege uma capital europeia do desporto e, no máximo, 20 cidades europeias do desporto, sendo que cada país tem, no máximo, duas cidades, explicou em comunicado a câmara de Loulé.

- Pub -

Após o anúncio do ACES Europe, Vítor Aleixo explicou que o programa desportivo de 2015 levou a um levantamento das infra-estruturas desportivas do concelho e vai motivar a construção de mais um ou dois campos de futebol.

Além da promoção do desporto na sua vertente de competição, Vítor Aleixo frisou que importa fomentar o desporto informal e promover estilos de vida saudáveis.

Distinção pode atrair mais estrangeiros 

A par do impacto na população residente em termos de prática desportiva, o autarca observou que a distinção “cidade europeia do desporto” dá visibilidade às condições desportivas do concelho e pode atrair mais utilizadores estrangeiros.

À margem do evento, aquele responsável admitiu à comunicação social que este reconhecimento pode ajudar o Automóvel Clube de Portugal a decidir-se pela manutenção do Rali de Portugal no concelho.

De acordo com o director do ACES Portugal, Nuno Santo, as cidades europeias do desporto recebem através de um contrato-programa celebrado entre o Governo e os municípios um incentivo de aproximadamente 150 mil euros.

Em Portugal, Guimarães foi a primeira cidade europeia do desporto, em 2013, estando a bandeira da iniciativa agora entregue ao município da Maia.

De acordo com os dados divulgados pela autarquia, o concelho dispõe de 241 equipamentos desportivos, 137 dos quais públicos – incluindo espaços desportivos escolares – e 104 equipamentos privados, registando uma média de utilização mensal de 50 mil utentes.

A prática desportiva do concelho é impulsionada por cerca de 55 colectividades cuja actividade se dispersa por 40 modalidades e envolve perto de oito mil praticantes, 4.421 dos quais são atletas federados.

A distinção Cidade Europeia do Desporto é atribuída pela ACES Europe a cidades com uma população entre os 25 mil e os 499.999 habitantes e visa reconhecer as autarquias europeias que se diferenciam pela qualidade e empenho da sua acção no desenvolvimento do desporto e promover boas práticas neste sector em toda a Europa.

(Agência Lusa)

 

Facebook Comments
PARTILHE
Email: jornalpostal@gmail.com

Comentários no Facebook