Praias da Costa Vicentina com imagem renovada

Praias da Costa Vicentina com imagem renovada

259
PARTILHE
Praias
Obras de requalificação das praias de Aljezur e Vila do Bispo correspondem a cerca de 14 milhões de euros

As praias da Amoreira e de Vale Figueiras, no concelho de Aljezur, vão apresentar este Verão um novo visual, com acessos ordenados, estacionamentos e equipamentos de apoio, melhoramentos integrados no programa Polis Litoral Sudoeste.

Nos concelhos de Aljezur e de Vila do Bispo, as obras de requalificação correspondem a cerca de 14 milhões de euros, e prevêem a valorização dos espaços balneares, com a construção e ordenamento das acessibilidades do trânsito automóvel e de peões, ecovias e ciclovias, passadiços de madeira e a instalação de equipamentos de saneamento.

Nas praias da Amoreira e de Vale Figueiras, duas das zonas balneares mais frequentadas do concelho de Aljezur, os trabalhos estão em fase de conclusão e merecem a aprovação da generalidade dos frequentadores.

“De facto, está muito bom e valoriza a praia. Os acessos e o estacionamento estão ordenados e há espaços para os peões poderem circular à vontade”, disse à Lusa Joana Marques, que visitou pela primeira vez a praia de Vale Figueiras.

- Pub -

Contudo, a distância de cerca de 600 metros a que fica situada a zona para o parqueamento de viaturas, é um dos pontos negativos destacados por Joana Marques, apontando o esforço a que as pessoas ficam sujeitas para percorrerem os cerca de 600 metros

“O parque de estacionamento fica muito longe, o que é um grande incómodo. Vou ter de deixar as coisas aqui em baixo, subir sozinha para ir buscar o carro, porque ir carregada não é possível”, sublinhou.

Parque de estacionamento distante

 A distância a que está situado o parque de estacionamento autorizado também é um dos factores negativos apontados por Luís Nunes, frequentador habitual das praias da Costa Vicentina.

“A distância é um bocado grande, temos de deixar o carro lá em cima. A descer faz-se bem, agora para cima é que é um bocado mais difícil”, lamentou Luís Nunes, destacando a praia de Vale Figueiras como a sua preferida” há muitos anos”.

“Faço umas grandes pescarias nesta zona desde há anos e, não há dúvida que as obras melhoraram bastante os acessos”, sublinhou, manifestando, contudo, alguma apreensão “pelo futuro da zona”.

“Apesar de reconhecer a valorização que foi feita, acho que é uma pena, porque esta era uma praia exclusiva, frequentada maioritariamente por surfistas. Agora estou com medo que isto fique muito frequentado e que perca a beleza que tem”, confidenciou.

Para Luís Nunes, a Costa Vicentina é uma das zonas mais bonitas de Portugal e uma das mais bem preservadas zonas costeiras da Europa, com cerca de 110 quilómetros de costa selvagem.

O programa Polis Litoral Sudoeste integra a requalificação e valorização da orla costeira dos concelhos de Sines, Odemira, Aljezur e Vila do Bispo e abrange uma área de intervenção de 9.500 hectares, cujo valor global de investimento ronda os 47 milhões de euros, lê-se na página da internet daquela empresa pública de ordenamento do território.

Até ao final do ano, está previsto o arranque da requalificação da praia de Odeceixe, enquanto as obras no Portinho do Forno estão calendarizadas para 2015.

Na Praia da Arrifana, os trabalhos de ordenamento das acessibilidades e estacionamento, estabilização de arribas e ordenamento do núcleo edificado e respectivas infra-estruturas e as obras de construção de estacionamento na Praia do Monte Clérigo foram iniciadas, mas vão ser interrompidas durante o verão, sendo retomadas em Setembro.

(Agência Lusa)

 

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook