Arte Doce atraiu centenas de visitantes a Lagos

Arte Doce atraiu centenas de visitantes a Lagos

247
PARTILHE
‘Os Docinhos da Gena’ conquistaram o primeiro lugar no tema obrigatório
‘Os Docinhos da Gena’ conquistaram o primeiro lugar no tema obrigatório

A doçaria regional esteve em destaque no último fim-de-semana em Lagos e adoçou o paladar (e a vista!) de centenas de visitantes que ali foram à procura do que de mais doce se faz em Lagos!

Recorde-se que esta Feira Concurso tem procurado desde a sua primeira edição, em 1987, contribuir para a preservação de uma das mais genuínas, ancestrais e apreciadas tradições da região – a doçaria, sobretudo a confeccionada à base de amêndoa e figo. Foi reforçando esta ideia que Maria Fernanda Afonso, vereadora da Cultura da Câmara de Lagos, se dirigiu aos presentes na abertura deste certame, lembrando que à semelhança do que tem acontecido nas edições anteriores, a Feira é sempre dedicada a um tema da actualidade, estando o desta 27ª edição alinhado com a comemoração do “Ano Internacional da Agricultura Familiar”. Neste sentido Maria Fernanda Afonso aproveitou para sublinhar a “importância da agricultura familiar na sua vertente socioeconómica, ambiental e cultural”. Referindo que este “é o evento organizado pela autarquia mais importante na época alta”, a vereadora prometeu bons momentos naquela feira e, terminando, dirigiu, em nome de todo o executivo municipal, agradecimentos a todos os participantes, entidades patrocinadoras e a todos os que estiveram envolvidos, directa ou indirectamente, na organização do evento, sem os quais a mesma não teria sido possível.

Refira-se que a doçaria tradicional algarvia teve, naturalmente, lugar de destaque neste certame, mas mereceu igual relevância a presença de artesãos dedicados e empenhados em manter a sua tradição, de associações locais, que ali foram mostrar a sua actividade, bem como um espaço próprio para os mais pequenotes, da responsabilidade da Biblioteca Municipal e do Centro Ciência Viva de Lagos.

Este ano, a participação voltou a registar níveis expressivos, verificando-se a presença de cerca de três dezenas de bancas ocupadas com Doçaria, outras tantas com Artesanato e, à semelhança de anos anteriores, várias bancas ocupadas por entidades locais (instituições e associações), perfazendo um total de 70 participações no interior e exterior do Pavilhão.

- Pub -

A animação, que contou com a presença de várias associações, colectividades e artistas do concelho foi, também, uma constante durante toda a Feira.

A organização da Arte Doce ficou a cargo da autarquia local, que contou com os apoios das juntas de freguesia do concelho, da empresa municipal Lagos-em-Forma (que acolheu o evento nas suas instalações), Turismo do Algarve e de alguns restaurantes do concelho.

Premiados Arte Doce 2014

Concurso Arte Doce

Grande Prémio*: Luísa Palma Mariano

(*melhor conjunto de trabalhos apresentados em ambas as categorias: tema livre e tema obrigatório)

Tema obrigatório

1º lugar: Os Docinhos da Gena (Maria Eugénia Murtinheira)

2º lugar: O Cantinho Doce da Fernanda (Maria Fernanda Lourenço)

3º lugar: Pastelaria Ana Maria (Solicar)

Tema livre

1º lugar: Luísa Palma Mariano

2º lugar: Nélia Figueiras e Glória Furtado

3º lugar: Bolo Doce

Concurso qualidade na tradição

Melhor Morgado: Gracinda Batista

Melhor Doce Fino: Lucília Batista

Melhor D. Rodrigo: Patrícia Isabel Cintra

Melhor Doce de Figo: O Cantinho Doce da Fernanda (Maria Fernanda Lourenço)

Prémio “Escolha do Público”

Tema Obrigatório: Nélia Figueiras e Glória Furtado

Tema Livre: Nélia Figueiras e Glória Furtado

Facebook Comments

Comentários no Facebook