Beta Talk comemora dois anos de conversas inspiradoras em Portimão

Beta Talk comemora dois anos de conversas inspiradoras em Portimão

240
PARTILHE

 

Beta Talk de Portimão
A Beta Talk de Portimão tornou-se num ponto de encontro para gente empreendedora

A Beta Talk de Portimão celebra o segundo aniversário no próximo dia 16 e vai aliar a paixão pelo jornalismo às capacidades de comunicação, para um brinde especial às boas ideias.

Mais do que um evento com data e hora marcada (sempre a 16 de cada mês, ao final da tarde), a Beta Talk de Portimão tornou-se num ponto de encontro para gente empreendedora e um movimento inspirador, promovendo no ambiente informal e descontraído do Café Concerto do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão os contactos e a partilha de experiências.

A Beta Talk deste mês não foge a regra e juntará Ana Músico e Paulo Barata, mentores do projecto Sangue na Guelra (http://sanguenaguelra.com/), e Elisabete Rodrigues, fundadora e directora do jornal online Sul Informação (www.sulinformacao.pt), para mais uma conversa inspiradora, a partir das 19 horas, no espaço do costume.

- Pub -

Beta Talk junta Ana Músico, Paulo Barata e Elisabete Rodrigues

Ana Músico é formada em Filosofia e, depois de alguns anos de jornalismo, passou para o outro lado, o da comunicação e consultoria na área da alta gastronomia e hotelaria de luxo, enquanto Paulo Barata, fotojornalista consagrado na área de lifestyle, viagens e gastronomia, trabalha com alguns dos melhores chefs de cozinha do país.

Ambos viram na gastronomia todo um novo universo, um mercado altamente promissor, onde há ainda muito para fazer: primeiro, criaram a empresa Amuse Bouche, especializada na comunicação da gastronomia e vinhos, tendo o Sangue na Guelra – Young Chefs with Guts surgido naturalmente, fruto da paixão e de uma visão muito particular sobre a gastronomia.

Trata-se de um festival alternativo e experimental, que tem um conceito único, não apenas em Portugal mas também na Europa – desafiar os sous-chefs, os homens ’sombra’, dos grandes cozinheiros dos melhores restaurantes nacionais e internacionais, a ultrapassarem os seus limites e a cozinharem em nome próprio, a serem mais ousados, a partilharem as suas ideias.

Já criaram entretanto o Origens, mais um projecto alternativo na área da gastronomia que decorre ao longo do ano em Lisboa e que nasce do Sangue na Guelra, havendo outras ideias em fase de desenvolvimento, porque “inspirar, questionar, reflectir e partilhar são os conceitos-chave” das iniciativas de guerrilha da Ana e do Paulo.

Elisabete Rodrigues tem 51 anos e, apesar ter nascido em Lisboa, cedo adoptou Lagoa como a sua terra, considerando-se algarvia desde tenra idade. Licenciada em Comunicação Social pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa, é jornalista profissional desde 1985 e do seu percurso profissional fazem parte o semanário O Jornal (hoje a actual revista Visão); a Agência Notícias de Portugal, a Agência Lusa, o Independente e o Diário de Notícias.

No Algarve, durante 11 anos foi chefe de redacção do Barlavento, tendo em Setembro de 2011 criado o seu próprio projecto de informação, ao fundar com um grupo de colegas o jornal online Sul Informação.

Como directora deste órgão de comunicação social regional, “trilha novos caminhos e responde aos actuais desafios da informação: três anos depois, é com orgulho que lidera aquele que se tornou não só o título mais lido do Algarve (com uma média de 7.500 leitores diários e quase 14 mil fãs no Facebook), como uma referência informativa na região algarvia e até no Baixo Alentejo, representando um projecto empresarial consolidado, com muitos planos para o futuro” .

Porque se trata de um encontro tão especial, a Beta Talk de Julho será também a ocasião para juntar e recordar os empreendedores que por aqui passaram e inspiraram os participantes com as suas ideias, numa espécie de balanço destes dois anos.

Uma vez que as boas ideias merecem um brinde, o mesmo está desde já assegurado pelo habitual apoio dos vitivinicultores locais Quinta do Morgado da Torre, Herdade dos Pimentéis e Quinta da Penina, que desde o primeiro momento estabeleceram uma parceria com a Beta Talk, promovendo os vinhos produzidos no concelho.

Como é habitual, a participação na Beta Talk de Julho é totalmente grátis, embora seja necessária inscrição em http://tinyurl.com/beta-talk-portimao-julho, ficando o wine-break por conta de quem vem, pelo que os participantes são convidados a trazer vinho (ou sumo) e snacks para partilhar.

De referir que em Agosto a Beta Talk de Portimão vai de férias, pela primeira vez em dois anos, regressando a 16 de Setembro para uma nova temporada de conversas inspiradoras.

Facebook Comments

Comentários no Facebook