Lagoa adere a projecto que permite poupar energia

Lagoa adere a projecto que permite poupar energia

223
PARTILHE
Francisco Martins, presidente da Câmara de Lagoa, reuniu-se com elementos da AREAL
A autarquia  reuniu-se com a AREAL

A Câmara de Lagoa aderiu ao projecto piloto “Nearly Zero – Energy Sports Facilities”, que irá permitir, após estudo da realidade do consumo de energia em instalações desportivas municipais e iluminação pública, o incentivo da prática da poupança, através do desenvolvimento de novas tecnologias, pela implementação de pacotes integrados de renovação e a introdução de energias renováveis.

Segundo informa em nota de imprensa, “será criado um instrumento organizacional de apoio à gestão energética municipal, considerando desde já o levantamento dos 143 postos de transformação e 9.338 pontos de iluminação pública”.

“Hoje, mais do que nunca, a redução de custos é um factor demasiadamente importante na gestão da energia, mais premente quando estão em causa dinheiros públicos, daí a rápida percepção da importância deste estudo e por isso também a adesão de imediato da Câmara de Lagoa ao projecto”, frisou o autarca Francisco Martins à delegação da Agência Regional de Energia e Ambiente do Algarve (AREAL), entidade parceira com quem reuniu na passada quarta-feira.

“Acredito que este projecto da AREAL vem ao encontro das nossas preocupações, bem como da população que, por vezes, chama a atenção para o fato da iluminação pública se manter ligada já em pleno dia. Mas isso está a ser tratado e gerido com extremo cuidado, face aos interesses da comunidade e da Autarquia. Quanto mais se poupar no consumo de energia em instalações desportivas e iluminação pública, mais fácil se torna prosseguir o nosso projecto social”, concluiu Francisco Martins.

Facebook Comments

Comentários no Facebook