Arqueólogos procuram homem anatomicamente moderno em Moçambique

Arqueólogos procuram homem anatomicamente moderno em Moçambique

274
PARTILHE
Investigadores procuram vestígios da origem do Homem anatomicamente moderno
Investigadores procuram vestígios

Uma equipa de arqueólogos da Universidade do Algarve, liderada por Nuno Bicho, docente da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS), está em Moçambique, durante o corrente mês, para fazer prospecção arqueológica na região do Niassa.

Através deste projecto, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e pela Winner- Gren Foudation e pela University of Louisville, os investigadores pretendem procurar novos sítios arqueológicos que tenham vestígios da origem do Homem anatomicamente moderno.

Esta investigação conta, ainda, com a colaboração da Universidade Eduardo Mondlane (Maputo), da University of Louisville (E.U.A), da University of North Carolina (E.U.A) e do Max Planck Institute (Alemanha).

Facebook Comments

Comentários no Facebook