Bombeiros evitam o pior junto a Gambelas

Bombeiros evitam o pior junto a Gambelas

332
PARTILHE
Helicóptero transportou oito GIPS e fez descargas para ajudar o combate no terreno
Helicóptero transportou oito GIPS e fez descargas para ajudar o combate no terreno

A rápida intervenção dos bombeiros no incêndio que deflagrou às 17.37 de hoje no sítio do Meixedo, junto a Gambelas, em Faro, foi responsável por se evitar o pior numa zona de mato junto a habitações e já próxima de áreas florestais de relevo.

“A reacção dos meios de combate foi muito rápida”, como disse ao Postal o presidente da Junta de Freguesia de Montenegro, Steven Piedade e “assim se evitou o pior”.

Ao fogo ocorreram em resposta triangulada os bombeiros sapadores de Faro, os bombeiros de Loulé e os de São Brás de Alportel, bem como a GNR e uma viatura do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, num total de 30 operacionais, ajudados por um helicóptero de intervenção inicial que fez chegar ao local oito elementos dos GIPS.

Bombeiros de Faro, Loulé e São Brás combateram o foco de incêndio
Bombeiros de Faro, Loulé e São Brás combateram o foco de incêndio

O meio aéreo fez de seguida descargas de apoio aos elementos apeados e o incêndio foi “rapidamente dominado”, avançou ao Postal fonte da Autoridade Nacional de Protecção Civil.

- Pub -

O presidente da Junta de Freguesia de Montenegro fez questão de realçar ao Postal “a prontidão da resposta dos meios de combate agradecendo a ajuda de todos os envolvidos”, que segundo o autarca “é de louvar”.

Facebook Comments

Comentários no Facebook