Castro Marim mostra ‘A Volúpia e o Suplício da Esteva’ na Casa...

Castro Marim mostra ‘A Volúpia e o Suplício da Esteva’ na Casa do Sal

289
PARTILHE
Exposição de Carlos Luz pode ser vista até final de Setembro
A exposição de Carlos Luz pode ser vista até final de Setembro

A Casa do Sal, em Castro Marim, acolhe até ao final de Setembro a exposição de fotografia, “A Volúpia e o Suplício da Esteva”, do artista plástico Carlos Luz.

Uma outra perspectiva sobre a esteva, geralmente associada à desertificação e a terrenos pouco férteis, é que o apresenta a exposição de Carlos Luz, que reúne nos seus trabalhos a sensualidade, o mistério e o sofrimento, inerentes à condição humana e tão presentes quanto encobertos na natureza.

Além deste espaço de exposições, a Casa do Sal oferece também um espaço de merchandising, associado ao sal de Castro Marim, e um espaço multimédia, onde são exibidos vídeos relativos à produção do sal marinho tradicional produzido na margem portuguesa da foz do rio Guadiana.

“A Casa do Sal foi construída no âmbito de uma estratégia de valorização do sal marinho tradicional e a ideia é que, associadas à história do sal de Castro Marim, se desenvolvam actividades ligadas às artes, à cultura, à educação e ao desporto”, declarou a vereadora da Cultura da Câmara de Castro Marim, Filomena Sintra.

Durante o Verão, a Casa do Sal tem recebido diferentes ateliers didácticos, no âmbito do programa “Férias Activas”, desenvolvido pela autarquia castromarinense.

“Sensibilizar e estimular o interesse pelo sal, como produto diferenciador da região, é um dos principais objectivos destas actividades com as crianças”, salienta Filomena Sintra.

A Casa do Sal pode ser visitada de terça-feira a sábado, entre as 10 e as 13 e das 14 às 18 horas.

Facebook Comments

Comentários no Facebook