Mar e Agricultura são aposta forte na Fatacil

Mar e Agricultura são aposta forte na Fatacil

245
PARTILHE
Fernando Severino, director regional de Agricultura e Pescas
Fernando Severino, director regional de Agricultura e Pescas

Assunção Cristas, a ministra do Agricultura e do Mar, desloca-se ao Algarve para inaugurar a Fatacil 2014 e a escolha faz todo o sentido num certame onde a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP Algarve) tem vindo, ano após ano, a reforçar a presença do sector.

Ao POSTAL o responsável pela pasta da Agricultura e do Mar na região, Fernando Severino, explicou o cada vez mais notório investimento da DRAP na Fatacil, relembrando que se trata de “um certame com elevada visibilidade e que atrai muitos milhares de pessoas para quem é importante que a instituição comunique e que, simultaneamente, constitui um espaço privilegiado de promoção das potencialidades da região no mar e na agricultura e, muito em particular, para os produtos regionais.

Tertúlias, debates, exposições e stand institucional

Para cumprir o objectivo de dar a conhecer a região aos visitantes, a DRAP apostou num stand institucional de grandes dimensões, em mostras e exposições destinadas a comunicar o muito que se tem feito em prol dos sectores agrícola e do mar no Algarve e em promoção dos produtos algarvios.

- Pub -

Destaque para as sessões de tertúlias sobre temas tão diversos como o vinho, o mar, o investimento no pescado algarvio, a dieta mediterrânica, o relevo da qualidade nos produtos regionais e sobre as novas gerações de agricultores e a aposta no rejuvenescimento do sector.

Amar o mar e a terra

Reaprender a amar o mar e a terra é o desafio que se coloca ao país e em particular ao Algarve e cujo cumprimento tem hoje melhores perspectivas do que nunca, com os apoios da política nacional do mar e os incentivos à requalificação e crescimento do sector agrícola à cabeça de uma verdadeira revolução na consciência de que estes sectores são fundamentais para Portugal e para a região. Neste âmbito, o director regional recorda o esforço feito em sede de PRODER e PROMAR e os resultados positivos obtidos na região durante o último quadro de apoio de fundos da União Europeia.

É a esta evolução que importa dar rosto e é este caminho que importa mostrar como uma rota possível e desejável e, nesta medida, a Fatacil é um momento único para chegar junto das pessoas e dar a conhecer as potencialidades em áreas tão diversas como o mel, o vinho, a aquicultura, a produção frutícola, entre outras.

Vinhos a concurso

Lugar de grande relevo para os vinhos que vão competir no sétimo concurso de vinhos do Algarve.

Uma vez mais os melhores entre os melhores da produção vinícola regional terão a Fatacil como palco de eleição para serem anunciados.

A visita à Fatacil ganha assim várias razões adicionais para ser imprescindível, uma oportunidade rara de conhecer melhor o sector primário da região.

Para saber mais sobre a Fatacil clique aqui (VER)

Facebook Comments

Comentários no Facebook