Sardinha é rainha em Portimão

Sardinha é rainha em Portimão

236
PARTILHE
O ‘prato festival’ vai estar ao dispor pelo valor especial de seis euros
O ‘prato festival’ vai estar ao dispor pelo valor de seis euros

O Festival da Sardinha de Portimão, entre os próximos dias 13 e 17, vai atrair milhares de visitantes de todas as idades.

Entre as 19 e a 1 hora, a animação será uma constante no eixo da zona ribeirinha que liga o Museu de Portimão ao espaço entre pontes, com artesanato, doçaria, humor e sonoridades várias, que vão do folclore à música portuguesa, tendo sempre presente a boa sardinha assada.

Este ano, uma das novidades será o “prato festival”, composto por uma fatia de pão, quatro sardinhas, batata cozida e salada à algarvia, e que nos cinco dias do evento vai estar ao dispor pelo valor especial de seis euros nos seguintes restaurantes aderentes; À Ravessa, Meco, Ú Venâncio, Casa Balau, Forte e Feio, Zizá e Retiro do Peixe Assado.

Para quem desejar experimentar uma sardinha no pão, vai ter ao dispor dois pontos de venda junto à antiga Lota, que voltarão a encher a zona ribeirinha de Portimão do mais tradicional e característico aroma da sardinha assada, podendo optar pelo menu de uma sardinha no pão com bebida, pelo valor de 2,80 euros.

- Pub -

A venda da sardinha no pão estará a cargo do GEJUPCE – Gil Eanes Juventude Portimonense Clube e do Boa Esperança Atlético Clube Portimonense, havendo também um quiosque de venda de café e três outros de bebidas diversas, por parte da Associação Juvenil “O Infante”, Clube de Taekwondo de Portimão, Clube Recreativo e Desportivo de Chão das Donas e Núcleo de Portimão da Cruz Vermelha Portuguesa, envolvendo o movimento associativo local nesta festa eminentemente popular.

Numa vasta área de exposição, os visitantes poderão adquirir artesanato, doçaria e petiscos, ao mesmo tempo que apreciam os ofícios de outros tempos e os saberes locais, que se juntam ao que melhor se produz a nível nacional.

Música para todos os gostos

A nível musical, destaque para o programa do palco principal, localizado junto à antiga Lota, que conta com o patrocínio oficial do Continente e irá apresentar a partir das 22 horas um cartaz de qualidade, gratuito e para todos, com as actuações de José Cid (13), Os Azeitonas (14), Quim Roscas & Zeca Estacionâncio e Baile da Sardinha com a artista local Rosa Martins (15), Banda Pau d’Arara (16) e as bandas algarvias Sabrosas Funk e La Plante Mutante (17), a última das quais fará uma retrospectiva de músicas que caracterizaram as várias épocas do Festival da Sardinha.

Também no coreto junto à Casa Inglesa haverá animação musical todos os dias do certame, entre as 19 e as 21.30 horas, a cargo da Junta de Freguesia de Portimão, com o seguinte programa: Fadista Teresa Viola (dia 13); Música popular com os S.O.S. (14); Tributo aos Beatles pelo grupo Come Together (15); Projecto 70 – música da década de 1970 (16); Simple Song Band (17).

Para além de todas estas propostas musicais, também haverá a participação diária de ranchos folclóricos e acordeonistas, que animarão o eixo dos restaurantes aderentes e o espaço da zona ribeirinha de Portimão entre o coreto e a área entre pontes.

De referir que o logótipo do Festival da Sardinha resulta de uma proposta elaborada em 2012 por Diogo Mendes e Hélder Santos, finalistas do curso de Design de Comunicação e Multimédia da etic_algarve, que se inspiraram na ligação de Portimão à sardinha e sua afinidade com as vivências da cidade.

O Festival da Sardinha é uma organização da Câmara de Portimão/Portimão Urbis, que conta com o patrocínio oficial do Continente e os patrocínios da Delta Cafés e do Nosolagua, sendo fornecedor oficial de bebidas a Super Bock, a que se associam como parceiros o Turismo do Algarve, a Junta de Freguesia de Portimão e o jornal Barlavento.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook