Alunos da Secundária João de Deus deixam contentores

Alunos da Secundária João de Deus deixam contentores

246
PARTILHE
Obras ainda estão longe de terminar, mas "esta é uma boa notícia para a escola e para a cidade" diz o director do agrupamento Carlos Luís em declarações ao POSTAL
Obras ainda estão longe de terminar, mas “esta é uma boa notícia para a escola e para a cidade” diz o director do agrupamento Carlos Luís em declarações ao POSTAL

Os alunos da Escola Secundária João de Deus em Faro deixam hoje de ter aulas em contentores e regressam ao edifício principal da escola, depois de anos de uma situação provisória decorrente das obras levadas a cabo naquele estabelecimento de ensino.

As obras foram iniciadas em 2009, no âmbito do programa de modernização do parque escolar nacional encetado durante o Governo Sócrates através da Parque Escolar, a entidade então criada para levar a cabo obras em escolas de todo o país.

Segundo o director do Agrupamento de Escolas João de Deus, Carlos Luís, em declarações ao POSTAL, “a saída dos alunos dos contentores foi possível através de uma negociação directa” entre o próprio e o presidente da Parque Escolar.

“Esta negociação permitiu ultrapassar a relutância da Parque Escolar em aceitar como pronta pelo empreiteiro apenas parte da obra”, refere o responsável pela João de Deus, realçando que, assim, “foi dada como concluída a intervenção de obras em salas suficientes para retirar os alunos das salas nos contentores e coloca-los no edifício principal”.

- Pub -

Foram ainda concluídos os trabalhos nos sanitários e na entrada do edifício. 

Obras ainda longe de terminar

Entretanto as obras na Secundária João de Deus estão longe de terminar e apesar da boa notícia do fim das aulas nos contentores, há ainda muito por fazer.

Os trabalhos decorrem ainda no antigo ginásio, na cantina e no bar e o auditório está apenas na fase inicial de construção.

Carlos Luís considera que “salvo o auditório, que pode demorar mais tempo, o resto dos trabalhos poderia ser concluído em cerca de três meses se houvesse vontade para tal”.

Recorde-se que o Ministério da Educação, em resposta a deputados do PSD, tinha recentemente dado como data indicativa do termo das obras na Secundária João de Deus o final do ano de 2014.

Na resposta aos deputados, a Parque Escolar, que gere as obras de requalificação, informava que a empreitada retomara o seu curso e que, desde então, efectuava reuniões periódicas com o empreiteiro, para garantir o acompanhamento e controlo das subempreitadas.

“A Parque Escolar estima que os trabalhos na sua totalidade poderão estar concluídos em Dezembro de 2014, dependendo da capacidade financeira da entidade executante para manter os trabalhos dentro do prazo previsto”, referia a resposta do Ministério da Educação e Ciência aos parlamentares social-democratas Elsa Cordeiro, Mendes Bota, Pedro Roque e Cristóvão Norte.

Também PS e PCP tinham já manifestado em sede parlamentar reservas sobre o andamento das obras na escola farense.

As obras na Secundária João de Deus tiveram início em 2009, com um prazo de 18 meses e concluem-se assim com vários anos de atraso.

Facebook Comments

Comentários no Facebook