Burlão tenta enganar idosos na serra

Burlão tenta enganar idosos na serra

316
PARTILHE
Todo o cuidado é pouco, não abra a porta de casa, nem entre em conversa com pessoas estranhas
Todo o cuidado é pouco, não abra a porta de casa, nem entre em conversa com pessoas estranhas

Um homem loiro, de olhos azuis e com cerca de 45 anos, que se faz transportar num carro de cor azul, é acusado por uma família residente em São Bartolomeu de Messines de ter tentado burlar um casal de idosos naquela freguesia.

Para o fazer o alegado burlão “afirma estar a fazer um levantamento dos idosos da freguesia para que estes fiquem isentos do pagamento de medicamentos”, disse ao Postal a filha de uma das visadas pelo homem em questão.

“No caso da minha mãe correu-lhe mal a tentativa porque ela telefonou-me e eu contactei a GNR e a farmácia da freguesia e ambas me confirmaram que não se estava a realizar nenhum levantamento do género”, referiu ao Postal a mesma fonte.

A GNR local deslocou-se à casa da vítima e tomou conta da ocorrência, tendo os familiares contactado a segurança social e a farmácia local para que houvesse a máxima divulgação da tentativa de burla.

“O que queremos é evitar que a situação possa ocorrer com outras pessoas e que nesses casos o desfecho seja pior do que com a minha mãe”, afirmou ao Postal a filha da vítima do alegado burlão.

Cuidado é o que se pede às pessoas que possam ser contactadas com uma abordagem do mesmo género. Não está a decorrer nenhum levantamento relativo ao número de idosos residentes em nenhuma zona do Algarve que tenha como objectivo uma isenção no pagamento de medicamentos nas farmácias.

Em caso de necessidade perante abordagens estranhas as potenciais vítimas podem e devem contactar as autoridades através do número nacional de emergência 112, mas a segurança depende antes de mais de não abrirem a porta de casa, nem encetarem conversas, com pessoas estranhas evitando assim males maiores.

Facebook Comments

Comentários no Facebook