Escola de Quarteira custou quatro milhões de euros

Escola de Quarteira custou quatro milhões de euros

265
PARTILHE
A Escola Básica da Fonte Santa, em Quarteira, vai ser inaugurada na próxima segunda-feira
A Escola Básica da Fonte Santa, em Quarteira, vai ser inaugurada na próxima segunda-feira

O início do ano escolar no concelho de Loulé vai ficar marcado com a inauguração da Escola Básica da Fonte Santa, Quarteira, que custou quatro milhões de euros, e pelo investimento de 1,3 milhões em transporte escolar, anunciou a autarquia.

A inauguração está marcada para a manhã da próxima segunda-feira, dia em que o executivo municipal, os responsáveis do agrupamento de escolas Dr.ª Laura Ayres e o delegado regional de Educação vão visitar o estabelecimento preparado com três salas de pré-escolar e oito salas de primeiro ciclo.

“Mais do que uma escola, este será um equipamento que irá servir toda a comunidade da Fonte Santa, na vertente cultural e de lazer, com reflexo nos espaços interiores, com a criação de espaços destinados à comunidade”, informou o executivo municipal em comunicado.

O edifício da nova escola é constituído por dois andares e está implantado numa área de mais de quatro mil metros quadrados, adiantou a autarquia, observando que a escola foi construída numa zona nobre da cidade de Quarteira que se encontra em expansão.

- Pub -

Câmara de Loulé assegura transporte a cerca de 2.200 alunos

A Câmara de Loulé vai assegurar o transporte a cerca de 2.200 alunos das nove freguesias do concelho durante o novo ano lectivo, apoio que implica um orçamento na ordem dos 1.300 milhões de euros.

O plano de transportes escolares do concelho é composto por 121 circuitos e o transporte será feito nas modalidades de carreiras colectivas de passageiros, circuitos especiais e veículos privados da câmara.

Dada a vasta extensão territorial do concelho, o executivo municipal considera que este apoio se reveste “de especial importância, sobretudo devido ao encerramento, nos últimos anos, de escolas em zonas com menor densidade populacional, mas que afectou o dia-a-dia dos alunos que aí estudavam”.

O programa de abertura do ano escolar naquele concelho teve início já esta sexta-feira com a atribuição do nome do antigo director do Agrupamento de Escolas Padre João Cabanita, Manuel Martins Alves, falecido no ano passado, à escola EB1/Jardim de Infância de Vale de Rãs, em Loulé.

(Agência Lusa)

Facebook Comments
PARTILHE
Email: jornalpostal@gmail.com

Comentários no Facebook