Maioria PSD/CDS aprova reposição salarial à função pública

Maioria PSD/CDS aprova reposição salarial à função pública

307
PARTILHE
Passos Coelho repõe regime de cortes do tempo de Sócrates
Passos Coelho repõe regime de cortes do tempo de Sócrates

A maioria PSD/CDS-PP aprovou esta terça-feira no parlamento a reposição dos cortes salariais aos trabalhadores da função pública com vencimentos acima dos 1.500 euros por mês.

O diploma foi aprovado apesar do voto contra de toda a oposição.

O plenário da Assembleia da República reuniu-se extraordinariamente para reapreciar os decretos avaliados pelo Tribunal Constitucional, relativos aos cortes salariais e à contribuição de sustentabilidade.

Na segunda-feira-feira, a maioria PSD/CDS entregou na Assembleia da República as propostas de alteração ao decreto relativo aos cortes salariais, retirando as referências às reduções para lá de 2015, e informou que deixou cair a contribuição de sustentabilidade.

- Pub -

Ao deixar cair este diploma, que apenas entraria em vigor a 1 de janeiro de 2015, a maioria deixa também cair o aumento do IVA de 23% para 23,25% e o aumento da Taxa Social Única que cabe aos trabalhadores de 11% para 11,2%.

Sobre este ponto, a maioria lembrou os cortes salariais do tempo do anterior do Governo do PS, ao passo que a oposição, como foi disso exemplo o Bloco de Esquerda (BE), disse que “havia um candidato na campanha eleitoral em 2011 que disse que não iria cortar salários aos funcionários públicos”, referindo-se a Pedro Passos Coelho.

(Agência Lusa)

Facebook Comments
PARTILHE
Email: jornalpostal@gmail.com

Comentários no Facebook