UAlg apresenta projectos na Lisbon Mini Maker Faire

UAlg apresenta projectos na Lisbon Mini Maker Faire

234
PARTILHE
Fãs da tecnologia puderam experimentar projectos inovadores
Fãs da tecnologia puderam experimentar projectos inovadores

Vários alunos da Universidade do Algarve mostraram os seus projectos na primeira edição da Lisbon Mini Maker Faire, que teve lugar no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, entre sexta-feira passada e domingo, e contou com mais de cem makers e projectos e cerca de nove mil visitantes.

Os fãs da tecnologia e da electrónica puderam experimentar robôs, drones, jogos electrónicos, esculturas mecânicas, quebra-cabeças, arcades, dispositivos de monitorização de sinais fisiológicos, conversão de veículos, projectos de eco-design, prototipagem e fabricação digital, impressoras 3D, entre outros.

Ligados à UAlg estiveram os seguintes projectos: Firedarts e Led Cube, apresentado por Ricardo Alves, El Wire Glasses e Gyro Glove por Luís Sousa, Pool Live Aid , o internacionalmente conhecido projecto de snooker, da autoria de Ricardo Alves e Luís Sousa, Robôs Infante e The Maker3 CNC, de Mário Saleiro, Goblin Fleet Commander, de Sérgio Vasconcelos, e The BuildersBot: CNC/3D Printer, a famosa impressora 3D que permite fazer peças tridimensionais e aplicações nas mais diversas áreas, da autoria de Aldric Négrier.

Segundo os autores, os projectos da UAlg foram “elogiado por centenas de visitantes e makers”.

- Pub -

A Mini Maker Faire nasceu nos Estados Unidos em 2006, com o objectivo de apresentar invenções e tecnologias desenvolvidas por cientistas, artesãos, mecânicos, artistas, hackers e geeks, curiosos e habilidosos.

Facebook Comments

Comentários no Facebook