‘X Milhas do Guadiana’ unem Portugal e Espanha

‘X Milhas do Guadiana’ unem Portugal e Espanha

266
PARTILHE
Prevê-se a presença de cerca de um milhar de participantes
Prevê-se a presença de cerca de um milhar de participantes na corrida

A prova transfronteiriça “X Milhas do Guadiana” volta a unir, no próximo dia 9 de Novembro, as cidades de Ayamonte e Vila Real de Santo António, num percurso de 18 quilómetros que inclui a travessia da Ponte Internacional sobre o rio Guadiana.

Esta, que é 23ª edição da corrida, tem como ponto de partida o Estádio Blas Infante, (Ayamonte), às 10.45 (hora de Portugal), inclui uma extensão à vila de Castro Marim e tem como meta o Estádio Municipal de Vila Real.

Conforme refere a autarquia vila-realense em nota de imprensa, “o facto de esta competição atravessar, no seu percurso, uma ponte que une dois países confere-lhe um carácter internacional, único na modalidade, sendo esperada a presença de cerca de um milhar de participantes”.

Além da sua vertente desportiva, a prova está integrada no calendário de eventos da “Eurocidade do Guadiana” que tem como objectivo a promoção desportiva, turística e cultural das localidades transfronteiriças de Vila Real, Castro Marim e Ayamonte.

- Pub -

A prova é organizada pela Comissão Mista Desportiva de Vila Real de Santo António, Castro Marim e Ayamonte, constituída pelas Câmaras de Vila Real, Castro Marim e Ayamonte, pelo Patronato Municipal de Desporto de Ayamonte, pelo Grupo Desportivo Pic-Nic e pelo Clube de Atletismo de Ayamonte.

Podem participar nesta corrida atletas com idade superior a 19 anos, inscritos individual ou colectivamente, federados ou não, que serão integrados numa das dez categorias disponíveis.

As inscrições estão abertas até ao dia 6 de Novembro e podem ser feitas na sede do Grupo Desportivo Pic-Nic (Portugal) ou na sede do Patronato Municipal de Desporto de Ayamonte (Espanha).

A prova de atletismo “X Milhas do Guadiana” teve a sua primeira edição em 1992, numa organização conjunta dos Municípios de Vila Real de Santo António e Ayamonte (Espanha), e assinalou a construção da Ponte Internacional do Guadiana.

Facebook Comments

Comentários no Facebook