‘A cal e o barro’ são temas de debate em Querença

‘A cal e o barro’ são temas de debate em Querença

206
PARTILHE

 

Em análise o modo como a cal e o barro se podem tornar produtos culturais e turísticos
Em discussão o modo como a cal e o barro podem vir a tornar-se produtos culturais e turísticos

O Projecto Querença vai organizar, nesta aldeia, nos dias 1 e 2 de Novembro, um seminário onde se irão debater os temas da cal e do barro como recursos naturais do território, com possibilidade de serem transformados em produtos de interesse cultural e turístico.

O evento está relacionado com a preparação da Rota Caminhos da Cal e do Barro, um projecto a implementar em Querença e que será apresentado nesta ocasião.

A programação contempla actividades em ambos os dias: no sábado, uma sessão de palestras que decorre no auditório da Fundação Manuel Viegas Guerreiro, onde se fará um enquadramento do território, explorando o modo como os temas em destaque se podem tornar produtos culturais e turísticos; no domingo, a realização de uma actividade pertencente à futura Rota Caminhos da Cal e do Barro.

- Pub -

A sessão de palestras conta com a participação de alguns especialistas nos temas em debate, de onde se destaca a presença da Rota do Mármore do Anticlinal de Estremoz e do Museo da Cal de Morón, de Morón de la Frontera (Sevilha).

Numa altura em que a importância dos valores culturais locais é cada vez mais evidente para o desenvolvimento de um turismo sustentável, este encontro é direccionado a todos os interessados nestas temáticas, particularmente ao público relacionado com as áreas do turismo e da cultura, mas também aos agentes locais e à população em geral.

A participação é gratuita, mas limitada aos lugares do auditório, e sujeita a inscrição.

Os interessados devem inscrever-se no formulário on-line; e para outras informações contactar o Projecto Querença através dos endereços: geral@projectoquerença.com, susanacaladomartins@gmail.com ou do telefone 964 782 462.

Facebook Comments
PARTILHE
Email: jornalpostal@gmail.com

Comentários no Facebook