Apresentada Unidade Móvel de Saúde de Castro Marim

Apresentada Unidade Móvel de Saúde de Castro Marim

207
PARTILHE
Unidade vai percorrer as freguesias de Azinhal e Odeleite com duas médicas e uma enfermeira
Unidade vai percorrer as freguesias de Azinhal e Odeleite com duas médicas e uma enfermeira

A cerimónia de apresentação pública da Unidade Móvel de Saúde de Castro Marim teve lugar no passado domingo na aldeia de Odeleite, tendo contado com as presenças do presidente da Câmara de Castro Marim, do presidente da Administração Regional de Saúde do Algarve, João Moura Reis, o presidente da Junta de Freguesia de Odeleite, Valter Matias, e a presidente da Associação Social da Freguesia de Odeleite, Paula Pinto.

“Hoje, 5 de Outubro, é um dia histórico para Portugal, mas é também um dia histórico para as freguesias de Odeleite e Azinhal. Recordo-me que, há vinte anos atrás, criei a primeira Unidade Móvel de Saúde do país com enfermeiro, no concelho de Alcoutim. Nessa altura, as câmaras municipais não se preocupavam com as questões da saúde e da acção social, preocupavam-se antes com a electrificação, com o abastecimento de água ou a recolha do lixo. Eu entendi que não era assim. Hoje, estamos a fazer história aqui em Odeleite ao darmos a conhecer a primeira Unidade Móvel do país permanentemente com médico”, disse no seu discurso o presidente da Câmara de Castro Marim.

A concluir a sua intervenção, o autarca castromarinense agradeceu a preciosa ajuda da Administração Regional de Saúde do Algarve (ARS), aos presidentes das Juntas de Freguesia de Odeleite e Azinhal, por terem acreditado no projecto, e à Associação Social da Freguesia de Odeleite, enquanto parceira do projecto.

“As pessoas das freguesias de Azinhal e Odeleite e de toda a serra algarvia são pessoas que levaram uma vida de sacrifícios. Portanto, é inteiramente justo que as câmaras municipais e as juntas de freguesia vão ao encontro das suas necessidades mais imediatas. Uma consulta de proximidade em que as pessoas não têm de se deslocar ao Centro de Saúde é um acto de justiça”, assegurou Francisco Amaral.

- Pub -

Por seu turno, o presidente da Administração Regional de Saúde do Algarve, João Moura Reis, referindo-se à importância da criação da Unidade Móvel de Castro Marim, afirmou: “as freguesias de Odeleite e Azinhal estão de parabéns. Quero agradecer aos autarcas na pessoa do Dr. Francisco Amaral, a forma prática e eficiente como trataram uma questão de assistência médica. Atendendo ao elevado índice de envelhecimento da população da freguesia de Odeleite, a melhor solução é fazer consultas de proximidade do que ter um posto médico onde as pessoas têm de se deslocar, com todos os problemas inerentes como sejam a falta de transporte e as dificuldades de mobilidade dos próprios doentes”.

Também o presidente da Junta de Freguesia de Odeleite, Valter Matias, salientou o carácter positivo do projecto, afirmando que esta é uma boa solução na prestação de cuidados de saúde a uma população maioritariamente idosa. “Antes só tínhamos médico duas tardes por semana, agora temos diariamente”, sublinhou. Realçou ainda o esforço desenvolvido pela câmara local para a criação da Unidade Móvel de Saúde e o apoio inestimável da Associação Social da Freguesia de Odeleite.

A Unidade Móvel de Saúde de Castro Marim vai percorrer as freguesias de Azinhal e Odeleite, de segunda a sexta-feira, para a realização de consultas, com uma equipa constituída pelas médicas Helena Gonçalves, Susana Valsassina e a enfermeira Angelina Rocha.

 

Facebook Comments
PARTILHE
Email: jornalpostal@gmail.com

Comentários no Facebook