Novo Conservatório de Música de Loulé ensina mais de 200 alunos

Novo Conservatório de Música de Loulé ensina mais de 200 alunos

258
PARTILHE
Conservatório oferece cursos nas áreas da música, dança e canto
Conservatório oferece cursos nas áreas da música, dança e canto

O Conservatório de Música de Loulé, em funcionamento desde 15 de Setembro, já tem mais de 200 alunos, disse à Lusa o presidente da direcção da Associação Academia de Música de Lagos (AAML), que tutela a escola.

Segundo Viegas Gonçalves, antes da abertura do conservatório não existia oferta na área do ensino especializado e vocacionado para a música no concelho de Loulé.

O Conservatório de Loulé é a quarta secção da AAML, entidade que também tutela a Academia de Música de Lagos e os conservatórios de Lagoa e Portimão, contando, ao todo, com 82 docentes e mais de 1.000 alunos.

“Em termos nacionais, depois do Conservatório Nacional de Lisboa, parece-me que não existirão muitas mais escolas de música ou conservatórios com tão elevado número de alunos”, referiu o responsável.

- Pub -

Inscrições ainda estão a decorrer

As inscrições para os cursos livres ainda estão a decorrer, mas o Conservatório de Música de Loulé já conta com mais de 200 alunos em três turmas de regime articulado (regime gratuito que articula carga horária do aluno entre a escola regular e o ensino especializado sem duplicar disciplinas) e nos cursos livres.

“As gentes louletanas têm efectivamente uma fome, uma vontade extraordinária de fazer coisas diferentes, sobretudo na área da cultura”, observou Viegas Gonçalves, a propósito da adesão registada no concelho.

A AAML tem vindo a formar vários grupos, como a Orquestra Clássica da Academia e as orquestras de sopros semiprofissional, júnior de sopros, de música de câmara, de percussão, de acordeões e de guitarras.

Segundo o responsável, a AAML tem vindo a tutelar estas secções de ensino de música por “uma questão de economia de escala”, sendo assim possível ultrapassar os constrangimentos iniciais de um estabelecimento de raiz.

“Em vez de existirem conservatórios avulso, com limitações próprias do arranque, optámos por criar secções até que tenham os 500 alunos e aí podem requerer autonomia pedagógica”, concluiu.

A AAML está a disponibilizar cursos oficiais de iniciação de formação musical e de dança.

Os cursos básicos articulados são destinados a alunos que ingressam o 5.º ano de escolaridade que pretendem fazer um curso oficial de música. Os cursos básicos supletivos permitem que o aluno frequente o ensino regular da rede pública ou privada e tenha a sua formação vocacional nas escolas da associação, com apoio de 50% assegurado pelo Ministério da Educação e Ciência.

Além destes cursos, a AAML tem cursos secundários de música e de canto em regime articulado para alunos com idades inferiores a 18 anos.

(Agência Lusa)

Facebook Comments
PARTILHE
Email: jornalpostal@gmail.com

Comentários no Facebook