Sinalização da Grande Rota do Guadiana avança a bom ritmo

Sinalização da Grande Rota do Guadiana avança a bom ritmo

248
PARTILHE
A rota atravessa três concelhos e vai estar operacional no início de 2015
A rota atravessa três concelhos e vai estar operacional no início de 2015

A Grande Rota do Guadiana (GR15) iniciou a etapa de sinalização, sendo que desde Vila Real de Santo António, passando por Castro Marim e terminando marcha em Alcoutim (ou vice-versa), vão ser 65 quilómetros de rota pedestre com painéis informativos com cobertura, placas indicativas, postes para suporte de marcação, entre pinturas em elementos naturais e artificiais.

O início/fim da GR 15 é em Vila Real de Santo António, também ponto de ligação à Ecovia do Algarve em direcção a Sagres, um corredor verde com uma extensão de 214 quilómetros devidamente sinalizado. O percurso segue para Castro Marim, atravessa a vila em direcção a Monte Francisco, passa pelas localidades de Junqueira, Azinhal, Almada de Ouro, Alcaria, Odeleite, Foz de Odeleite e entra no concelho nordestino de Alcoutim, na aldeia serrana de Corte das Donas, onde começa a subida do rio com passagem pelas localidades de Álamo, Guerreiros do Rio, Laranjeiras e Montinho das Laranjeiras até ao Miradouro do Pontal. Continua a GR 15 pela povoação do Marmeleiro até chegar á vila de Alcoutim, esta por sua vez com ligação à Via Algarviana.

Conforme refere a Associação Odiana em nota de imprensa, “paisagem, património, etnografia, gastronomia, actividade física e ar puro é o segredo desta grande rota que consolida a oferta de percursos pedestre no Baixo Guadiana, aproximando o Litoral ao Interior Serrano”. Assim, “a meta é afirmar o território como uma zona de pedestrianismo e de turismo de natureza”, conclui.

De salientar, que a “Associação Odiana implementou no Baixo Guadiana uma rede de 135 quilómetros de percursos pedestres de Pequena Rota (PR), sendo que a GR vai ser a primeira grande via implementada neste território que permite a ligação a pé do litoral ao interior”.

- Pub -

De referir, que a “Grande Rota do Guadiana” é um projecto financiado em 60% pelo PRODER – Subprograma 3,medida 3.2., Acção 3.2.1 – Conservação e Valorização do Património Rural.

Facebook Comments

Comentários no Facebook