Biblioteca Municipal de Albufeira sopra dez velas

Biblioteca Municipal de Albufeira sopra dez velas

184
PARTILHE
Lídia Jorge, a madrinha do equipamento, foi a convidada de honra das comemorações
Lídia Jorge, a madrinha do equipamento, foi a convidada de honra das comemorações

A Biblioteca Municipal de Albufeira celebrou, na passada quarta-feira, o seu 10.º aniversário. Lídia Jorge foi a convidada de honra das comemorações, por ser a madrinha do equipamento que, em 2009, lhe emprestou o nome em homenagem ao percurso literário que tem desenvolvido em Portugal e no estrangeiro.

A escritora algarvia juntou-se ao executivo e presidente da Assembleia Municipal para soprar as velas do bolo, que representa uma década de serviço público, com um registo crescente quer do número de inscrições, quer de frequentadores. “De ano para ano, a Biblioteca Municipal tem conquistado cada vez mais utilizadores, ultrapassando actualmente os 11.500”, avança a autarquia em nota de imprensa.

“É uma grande honra estar aqui hoje, nesta casa a sul que tem o meu nome, o que me dá uma enorme responsabilidade, mas também uma grande alegria”, confessou Lídia Jorge. A autora do recente romance “Os Memoráveis” deu a conhecer os traços gerais da obra, que descreve como “um livro para o futuro, para os jovens que não assistiram ao 25 de Abril de 1974 e olham para a data como algo longínquo, desprovido de mensagem”. A obra versa sobre a democracia em Portugal, dando destaque “não aos heróis do 25 de Abril, mas sim aos memoráveis, àqueles que por qualquer razão, boa ou má, não podem ser esquecidos”, descreveu a escritora.

Comemorações incluíram momento infantil

- Pub -

Durante o encontro informal com Lídia Jorge, momento que integrou o programa comemorativo do aniversário do espaço cultural, Carlos Silva e Sousa fez questão de elogiar a autora amplamente premiada, manifestando publicamente o orgulho do município por ter o seu nome a figurar num equipamento de relevo, “um nome reconhecido internacionalmente como vulto da literatura e do pensamento nacional”.

De salientar que as comemorações incluíram um momento infantil, com as crianças do Jardim de Infância “Os Piratas” a participarem em diversas actividades pensadas para as suas idades e a oferecerem a Lídia Jorge um livro de histórias elaborado por todos. “Este presente serve para agradecer a presença de Lídia Jorge num dia tão importante para todos nós, albufeirenses. É uma honra ter como madrinha desta casa alguém que representa a cultura portuguesa além-fronteiras e que tem granjeado tantos prémios”, destacou Marlene Silva, vereadora da Cultura da Câmara Municipal.

A autarca aproveitou para agradecer aos funcionários do equipamento o empenho e dedicação, também evidenciados por Lídia Jorge como uma mais-valia: “Uma biblioteca é o resultado do trabalho de uma equipa e do sonho de alguém. É sempre algo colectivo, deveras importante na nossa cultura”, concluiu.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook