Comércio estabiliza facturação mas perde emprego

Comércio estabiliza facturação mas perde emprego

340
PARTILHE
Resultados do sector do comércio revelados pelo Instituto Nacional de estatística
Resultados do sector do comércio revelados pelo Instituto Nacional de estatística

O volume de negócios do sector do comércio estabilizou em 2013, mas o número de empresas e de pessoal ao serviço diminuiu, segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). 

No ano passado, existiam no sector 232.760 empresas, menos 1,7% do que em 2012, que empregavam 733 mil trabalhadores (menos 2,8%) e geraram um volume de negócios de 119,6 mil milhões de euros, valor equiparado ao de 2013, segundo o INE. 

O INE revela ainda que o valor total da margem comercial obtida pelas empresas de comércio foi de 20,2 mil milhões de euros, menos 0,8% do que em 2012, correspondendo a cerca de 87 mil euros por empresa (mais 0,9% face ao ano anterior).

Em termos de produtos vendidos, a venda de automóveis representou 55% do volume de negócios das empresas do sector, que aumentou 3 pontos percentuais face a 2012, destacando-se ainda os combustíveis, materiais de construção, produtos químicos e produtos intermédios, produtos alimentares, bebidas e tabaco e os bens de consumo doméstico.

- Pub -

Agência Lusa

Facebook Comments

Comentários no Facebook