Tavira celebra 1º aniversário da dieta mediterrânica como património da humanidade

Tavira celebra 1º aniversário da dieta mediterrânica como património da humanidade

258
PARTILHE
Comemorações encerram com um concerto de guitarra de Josué Nunes
Comemorações encerram com um concerto de guitarra de Josué Nunes

Tavira celebra, na próxima quinta-feira, dia 4, o primeiro aniversário da inscrição da Dieta Mediterrânica na lista representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. Conforme refere a câmara local em nota de imprensa, “uma data histórica para o país, região e cidade”.

A autarquia, consciente da importância desta classificação e do seu reconhecimento a nível nacional e internacional, preparou um programa comemorativo diversificado e a pensar na envolvência de toda a comunidade.

As celebrações arrancam, pelas 10 horas, com uma arruada pelas ruas da cidade, pela Charanga do Pintassilgo. No Mercado Municipal, entre as 11 e as 12.30, realiza-se uma acção de divulgação, em colaboração com os vendedores, os quais distribuirão pelos compradores receitas mediterrânicas.

O programa contempla, igualmente, visitas das turmas do 1.º Ciclo do Ensino Básico à exposição “Dieta Mediterrânica – Património Cultural”, entre as 9.30 e as 15.45, no Museu Municipal de Tavira – Palácio da Galeria, cumprindo o seu objectivo educativo, didáctico e informativo.

No período da tarde, o som dos acordeões de Silvino Campos e Valter Romeira anima a baixa da cidade (14.30) e o convívio (15.30), no Mercado da Ribeira, destinado à população em geral.

Pelas 16.30, decorre, na Biblioteca Municipal Álvaro de Campos, a sessão comemorativa desta data na presença do presidente da edilidade tavirense e dos representantes das entidades parceiras: CCDR Algarve, Direcção Regional de Cultura do Algarve, Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, Região de Turismo do Algarve e Universidade do Algarve.

Segue-se, no mesmo local, a apresentação do livro “Dieta Mediterrânica – Uma herança milenar para a Humanidade”, da autoria de Jorge Queiroz, pelo professor doutor João Guerreiro.

A sessão integra, ainda, uma performance do actor Vítor Correia da Armação do Artista.

O programa encerra com o concerto de guitarra de Josué Nunes, da Academia de Música de Tavira, pelas 18.30 horas, na Ermida de São Sebastião.

Um ano depois, Tavira assinala com agrado a valorização da cultura e dos produtos portugueses, num reencontro com a identidade mediterrânica e o património milenar.

Facebook Comments
PARTILHE
Email: jornalpostal@gmail.com

Comentários no Facebook