Câmara de Loulé aposta no desenvolvimento da economia do mar

Câmara de Loulé aposta no desenvolvimento da economia do mar

198
PARTILHE
Vítor Aleixo e o vereador Hugo Nunes
Vítor Aleixo e o vereador Hugo Nunes durante a conferência de imprensa

O desenvolvimento da economia do mar, em parceria com a Universidade do Algarve, é uma das prioridades da Câmara de Loulé para 2015, anunciou o presidente da autarquia, Vítor Aleixo (PS).

Em 2014 o executivo municipal focou a sua acção na estabilização da situação financeira e em políticas de apoio social, mas este ano abre um novo capítulo para potenciar e diversificar a base económica do concelho.

A câmara pretende afirmar-se como facilitadora e apoiante dos investimentos regionais, nacionais ou internacionais ligados à economia do mar, além dos investimentos ligados ao turismo, que se queiram fixar no município.

Autarquia vai trabalhar com a universidade na área da economia do mar

- Pub -

Em conferência de imprensa, Vítor Aleixo explicou que a autarquia vai trabalhar com a universidade na área da economia do mar com vista à transferência de conhecimento científico que deve ser aplicado ao investimento e à dinâmica empresarial, para criar emprego.

Está reservada uma verba na ordem dos 800 mil euros, equivalente às previsões das receitas do pagamento da Derrama, para apoiar a instalação de empresas, com particular ênfase para as indústrias criativas e de produção de conhecimento.

A Derrama é uma taxa municipal aplicada a empresas com volume de negócios superior a 150 mil euros no ano anterior.

A autarquia quer acompanhar de perto projectos que sejam apoiados pelo Programa Operacional do Algarve no novo quadro comunitário (2014-2020).

O capítulo do impulso económico inclui ainda uma operação de reorganização e promoção da Área Industrial de Loulé cujo investimento, próximo de 1,2 milhões de euros, inclui a requalificação das vias de acesso da Estrada Nacional (EN) 396 e a promoção de áreas em diversos pontos do concelho que podem ser utilizadas para a fixação de empresas.

Autarquia vai investir no turismo criativo

O turismo criativo é outra vertente em que a autarquia pretende investir, desde logo com o lançamento das obras de requalificação do Palácio Gama Lobos, na cidade de Loulé, onde será instalada a Escola de Artes e Ofícios.

Vítor Aleixo espera que o espaço funcione como ninho de pequenas empresas.

No final da conferência, o presidente da Câmara de Loulé criticou os contratempos que a requalificação da EN 125 (via que atravessa o Algarve) tem vivido e vincou que a falta de boas vias de comunicação não portajadas dificulta a economia concelhia e regional e é um obstáculo à fixação de investidores.

Durante 2015 o município vai estar ainda focado no projecto “Cidade Europeia do Desporto”, que arranca a 31 de Janeiro com centenas de eventos desportivos de âmbito concelhio, regional, nacional e internacional.

(Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook