Japão já iniciou leilões de atum

Japão já iniciou leilões de atum

314
PARTILHE
Algarve também está na rota das exportações de atum para o Japão
Algarve também está na rota das exportações de atum para o Japão

Um atum rabilho foi hoje vendido por 4,51 milhões de ienes (31.334 euros), no tradicional primeiro leilão do ano no mercado de Tsukiji, em Tóquio, noticiou a Agência Lusa.

Recorde-se que o atum rabilho é uma das espécies capturadas e engordadas em armações off-shore (ao largo) na costa algarvia. Os exemplares produzidos nas explorações instaladas na região são também em parte exportadas para o Japão e constituem um importante nicho económico do chamado cluster do mar na região.

A partir do Algarve empresas de pesca produzem atum em armações colocadas ao longo da linha costeira da região do sotavento e que depois de engordados em ambiente natural no alto mar são exportadas por avião ou barco para países da europa e para o Japão em particular.

De acordo com a Agência Lusa, tal como tem sido habitual nos últimos anos, o exemplar vendido hoje, um atum de 180 quilos vindo de Aomori (norte do Japão), foi adquirido por 25 mil ienes (173 euros) o quilo por Kiyoshi Kimura, dono de uma famosa cadeia de restaurantes de sushi.

- Pub -

O preço está abaixo dos 7,36 milhões de ienes (51.158 euros) que o próprio Kimura pagou no ano passado pela peça mais cobiçada do primeiro lote do ano no mercado, e também do preço recorde de 155,4 milhões de ienes (1,07 milhões de euros) que o empresário pagou em 2013.

A carne do atum vai estar disponível nos restaurantes de Kimura a partir de hoje.

Com Agência Lusa

Facebook Comments

Comentários no Facebook