Lagos já recolheu 222 quilos de ‘Rolhinhas’

Lagos já recolheu 222 quilos de ‘Rolhinhas’

269
PARTILHE
Rolhas usadas vão ser transformadas noutros produtos
Rolhas usadas vão ser transformadas noutros produtos

Os ‘Rolhinhas’, recipientes próprios para depositar rolhas de cortiça, chegaram a Lagos em Setembro de 2010, tendo sido distribuídos desde logo pelos edifícios e equipamentos municipais e, mais tarde, pelas juntas de freguesia e algumas escolas do concelho.

Foi nesta altura que o município se associou à Quercus, na promoção desta campanha no concelho, através do Green Cork, um Programa de Reciclagem de Rolhas de Cortiça, que tem como objectivo principal a transformação das rolhas usadas noutros produtos. Os outros objectivos passam pelo contribuir para a redução de resíduos enviados para aterro sanitário; defender a rolha de cortiça como produto plenamente ecológico e contribuir para a plantação de espécies autóctones através do retorno da recolha de rolhas.

O projecto permite ainda promover o financiamento do Programa “Floresta Comum”, que visa a preservação, plantação e conservação de espécies autóctones e ecossistemas mediterrâneos. Existe igualmente o objectivo paralelo de evitar aumentar as emissões de CO2 já existentes.

No município de Lagos foram, até ao final de 2014, recolhidos mais de 222 quilos de rolhas de cortiça.

- Pub -

Actualmente, no concelho de Lagos existem nove locais de recolha de rolhas de cortiça. Os recipientes estão devidamente identificados e encontram-se facilmente em alguns dos equipamentos municipais – Paços do Concelho Séc. XXI, Biblioteca Municipal, Mercado da Avenida e Mercado de Santo Amaro e Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos da Câmara Municipal de Lagos – Chinicato e nas quatro Juntas de Freguesia.

Facebook Comments

Comentários no Facebook