Projecto TASA apresenta produtos e resultados em Alcoutim

Projecto TASA apresenta produtos e resultados em Alcoutim

517
PARTILHE
Os novos produtos de artesanato TASA são inspirados na cultura da Dieta Mediterrânica
Os novos produtos de artesanato TASA são inspirados na cultura da Dieta Mediterrânica

A CCRD Algarve e a ProAciveTur – Turismo Responsável, realizam no próximo dia 13 o evento final da segunda fase do Projecto TASA, o qual terá lugar no Auditório Espaço Guadiana, em Alcoutim, pelas 9.30 horas. Nesta ocasião, para além da apresentação dos produtos que resultaram da colaboração entre designers e artesãos do Algarve, Alentejo e Andaluzia; decorrerá um debate sobre vários aspectos relacionados com a produção, comercialização e sustentabilidade das artes tradicionais.

A CCDR Algarve promoveu esta segunda fase do TASA para “consolidar e expandir sustentadamente este projecto, reforçando o tecido socioeconómico das Áreas de Baixa Densidade do Algarve”, refere em nota de imprensa.

A fase do projecto integrou 13 artesãos, novas técnicas tradicionais e matérias locais do Algarve, da região do Alentejo e de Andaluzia. Houve um reforço do investimento em design de comunicação, o qual permitiu conceber etiquetas que contam a história e características de cada produto, criar embalagens próprias para os acondicionar, produzir um novo catálogo e outros meios de comunicação.

O projecto trabalhou com três escolas da região algarvia, o que resultou, nomeadamente, na criação de propostas gráficas para aplicar em algumas das peças.

Os novos produtos de artesanato TASA são 15 criações inovadoras, inspirados na cultura da Dieta Mediterrânica, entre elas, um selim e punhos para bicicleta feitos em cortiça, e também uma cesta de piquenique concebida manualmente com a técnica artesanal da construção dos “tamboriles rocieros” andaluzes.

O Projecto TASA é financiado pelo FEDER no âmbito do PO Algarve 21 (QREN) e do POCTEP (Programa Operacional Cooperação Transfronteiriça Espanha Portugal).

Mais informações disponíveis no sítio www.projectotasa.com.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook