Acidente de autocarro na A22 faz três mortos

Acidente de autocarro na A22 faz três mortos

549
PARTILHE
Um ferido grave foi transportado de helicóptero para o Hospital de São José em Lisboa
Um ferido grave foi transportado de helicóptero para o Hospital de São José em Lisboa

O balanço feito há pouco pelo Centro Hospitalar do Algarve revela que até ao momento são três as vítimas mortais do acidente que ocorreu perto das 23 horas de ontem, na Via do Infante (A22), com um autocarro identificado com o logótipo da empresa de transportes Frota Azul.

As vítimas mortais são duas mulheres e um homem. Uma das mulheres que não sobreviveram ao acidente é mãe de uma criança que seguia no mesmo autocarro.

João Ildefonso, deu as últimas actualizações sobre o estado de saúde das vítimas
João Ildefonso, deu as últimas actualizações sobre o estado de saúde das vítimas

De acordo com as declarações feitas por João Ildefonso, chefe de equipa do serviço de urgência do Hospital de Faro, aos órgãos de comunicação social, a criança recebeu apoio psicológico no local do acidente, foi atendida no Serviço de Urgência Básica de Albufeira e encontra-se acompanhada pelo pai.

Quanto a feridos o trágico acidente fez 31 vítimas, do total de 34 pessoas que o autocarro transportava, incluindo o motorista.

Autocarro fazia transfer do Aeroporto de Faro

O autocarro acidentado transportava 33 passageiros a partir do Aeroporto de Faro e o acidente aconteceu ao quilómetro 48 da A22, numa viagem que se efectuava no sentido Faro – Lagos.

O alerta aos meios de socorro foi efectuado poucos minutos após as 23 horas de ontem e implicou o corte de trânsito na Via do Infante, cuja circulação só foi restabelecida cerca das 3 horas da madrugada de hoje.

A viatura pesada de transporte de passageiros saiu da Via do Infante e caiu junto a um viaduto, perto do nó de Paderne, de onde foi retirada cerca das sete horas da manhã de hoje.

Passageiros holandeses socorridos por mais de 150 operacionais

De acordo com as informações disponibilizadas os passageiros do autocarro eram de nacionalidade holandesa.

Ao todo 156 operacionais acorreram ao local do acidente, tendo a primeira ajuda chegado às 23.15 horas. No local estiveram 28 ambulâncias, dois helicópteros e foi instalado um hospital de campanha para socorro pré-hospitalar avançado.

Foi accionado o plano de intervenção da A22 e os meios envolvidos eram todos do Algarve, segundo informações da protecção civil veiculadas pelo Comandante Operacional do Algarve, Vítor Vaz Pinto.

Acidente fez três vítimas mortais e 31 feridos
Acidente fez três vítimas mortais e 31 feridos

Serviços de saúde envolvidos

Na resposta de emergência aos feridos estiveram envolvidos o Serviço de Urgência Básica (SUB) de Albufeira, os Hospitais de Faro e Portimão e, ainda o Hospital de São José, que recebeu uma vítima com traumatismo maxilo-facial.

De acordo com o relatório de situação feito pelo Centro Hospitalar do Algarve, todos os feridos assistidos no SUB de Albufeira já tiveram alta.

No Hospital de Faro e Portimão estão ainda oito feridos, sendo que em Portimão um se encontra nos serviços de cuidados intensivos. Já no hospital de Faro está internada no serviço de cuidados intensivos uma vítima do sexo feminino com um traumatismo craniano “muito, muito grave” e com prognóstico “muito reservado”, referiu à comunicação social João Ildefonso.

Facebook Comments

Comentários no Facebook