Loulé propõe três dias de mundo nas asas do MED 

Loulé propõe três dias de mundo nas asas do MED 

446
PARTILHE
Bilhetes para o festival MED ainda estão a preço de saldo
Bilhetes para o festival MED ainda estão a preço de saldo

Junho não é Junho sem MED e o Algarve não seria o mesmo em termos culturais sem aquele que é o mais representativo festival de música do mundo da região.

Este ano são novamente três dias de música non stop pela noite fora ao som de artistas de todo o mundo, apesar da marcada preponderância de nomes nacionais.

O MED abre as hostilidades com o som dos franceses Babylon Circus, pouco depois da meia-noite de dia 25 e só fechará portas na tarde de dia 27 de Junho ao som do Ensamble de flautas de Loulé & alaúdes de Évora.

Pelo meio nomes da world music como Skip & Die, da Holanda e África do Sul, Cumbia All Stars, do Peru, Batida, de Portugal e Angola, e Jean Paul Rena, da Holanda, misturam-se com cabeças-de-cartaz portugueses, como Carminho, Cati Freitas, Cloudleaf e os Ferro Gaita.

Um sem fim de sonoridades para ouvir e muito para ver naquele que é já um ponto de honra para quem vive, ou quem está de férias, por terras do Algarve.

Bilhetes em ‘saldos’ até dia 21

Para aceder ao MED, este ano os visitantes vão ter de desembolsar pelo bilhete diário singular 12 euros e pelo familiar (dois adultos e duas crianças até 16 anos) 25 euros.

Já os três dias de música completos podem ser usufruidos com o bilhete integral do festival por 30 euros.

Mas até ao próximo dia 21, há ‘saldos’ nos ingressos para o MED e neste caso os preços serão respectivamente na versão diário para uma pessoa e para todo o festival, de 10 e 25 euros. Já as famílias essas não têm desconto de pré-venda.

Mas a verdade é que o MED é mais do que um simples festival e os ingressos permitem aceder a um espaço pensado para a diversão e o relaxamento em tempos de estio, com uma oferta variada de propostas, absolutamente convidativas.

Captura de ecrã 2015-06-11, às 17.46.11

Facebook Comments

Comentários no Facebook