Tavira assinala Dia da Cidade com inaugurações e medalhas

Tavira assinala Dia da Cidade com inaugurações e medalhas

453
PARTILHE
Jorge Botelho realiza no Dia da Cidade de Tavira um verdadeiro périplo pelas obras levadas a cabo pela autarquia
Jorge Botelho realiza no Dia da Cidade de Tavira um verdadeiro périplo pelas obras levadas a cabo pela autarquia

O próximo dia 24 será fértil em eventos e iniciativas em Tavira, como seria de esperar naquele que é o Dia da Cidade.

Entre os momentos mais importantes do dia estará a inauguração da obra de requalificação do troço da frente ribeirinha de Tavira, entre a lota e a Ponte dos Descobrimentos.

Os trabalhos custaram mais de 153 mil euros e permitiram criar um passeio junto à margem direita do Gilão, renovar o mobiliário urbano, reforçar a iluminação pública e construir um muro junto à margem do rio. De acordo com a Câmara “dada a especificidade da zona, o muro foi edificado de modo a que os pescadores continuem a utilizar este espaço para instalação do seu material”.

Esta é uma área que depois de anos a funcionar como parque de estacionamento é agora essencialmente pedonal, mas a autarquia criou naquela localização três bolsas de estacionamento, uma destinada a cargas e descargas na lota, outra para acolher a paragem de autocarro da carreira urbana e uma terceira com 17 lugares de estacionamento para veículos ligeiros e um para pessoas com mobilidade reduzida.

No roteiro das obras autárquicas está também uma visita aos trabalho de conservação e restauro a decorrer Ermida de São Roque, junto aos Bombeiros Municipais, agendada para as 11 horas.

Num investimento de cerca de 223 mil euros, os trabalhos neste templo “prendem-se com a necessidade de actuar nas situações que acarretam maior risco para o estado global do imóvel de forma a evitar a perda de bens patrimoniais”, refere a autarquia.

Jorge Botelho, presidente da Câmara local, inaugura também a sala de reservas do Palácio da Galeria, uma obra que valoriza aquele espaço público e que implicou um investimento de 64 mil euros.

Ainda no período da manhã, pelas 12.15 horas, o Centro Escolar da Horta do Carmo terá a sua inauguração oficial. Num investimento de quase 2,5 milhões de euros, este equipamento contempla doze salas e possui capacidade para acolher 290 alunos.

Cabanas de Tavira na rota das inaugurações

Já da parte da tarde lugar para a inauguração de outra obra da autarquia, a requalificação do acesso a Cabanas de Tavira. Num investimento de perto de 230 mil euros os trabalhos permitiram a inserção de novos passeios, o alargamento dos existentes e a criação de uma ciclovia, beneficiando as condições de circulação e segurança dos peões.

O acesso automóvel e pedonal àquela localidade ficou com esta intervenção muito mais facilitado e faz-se agora em condições de segurança muito melhores e há muito reivindicadas pela população.

Ainda na freguesia de Conceição e Cabanas, refere a nota de imprensa da autarquia, decorrerá a inauguração pública da Creche e Centro de Dia “O Pontão”. Um investimento de 890 mil euros, tendo 42% do valor sido comparticipado pelo Município de Tavira, 50% pela Segurança Social e o restante pela Associação “O Pontão”.

A creche, constituída por seis salas, tem capacidade para acolher 69 crianças até aos três anos, estando a valência de Centro de Dia habilitada para receber 30 idosos.

De regresso a Tavira, pelas 15 horas, a Associação de Armadores e Pescadores de Tavira (APTAV) inaugura os equipamentos de apoio existentes na rampa varadouro da margem esquerda do rio Gilão. Ali estão instalados “um guincho hidráulico e carro berço para movimentação de embarcações de pesca até cinco toneladas e respectiva casinha de protecção, assim como uma sapata para fixação do guincho e uma viga de cabeceira”. “Estes apetrechos irão proporcionar uma melhoria substancial nas condições de limpeza e manutenção dos barcos”, diz a autarquia.

A instalação dos equipamentos resultou de uma candidatura do Grupo de Acção Costeira ao PROMAR- Programa Operacional de Pescas.

O programa encerra, pelas 16 horas, na Biblioteca Municipal Álvaro de Campos, com a sessão solene, a qual contempla a distinção de funcionários com medalhas de bons serviços e dedicação grau prata (30 anos de serviço) e de grau cobre (20 anos de serviço). São atribuídas, também, medalhas municipais de mérito grau prata e cobre.

Facebook Comments

Comentários no Facebook