Bancos gregos encerrados até sexta-feira

Bancos gregos encerrados até sexta-feira

432
PARTILHE
Levantamento de dinheiro está limitado a 60 euros diários
Levantamento de dinheiro está limitado a 60 euros diários

Os bancos gregos vão permanecer encerrados até sexta-feira, mantendo-se o limite de levantamento diário de 60 euros, refere a agência de informação financeira Bloomberg, citando um porta-voz do Ministério das Finanças da Grécia.

De acordo com um decreto sobre o controlo de capitais publicado a 29 de Junho, em Atenas, os bancos da Grécia iriam permanecer encerrados até segunda-feira, no dia seguinte ao referendo, estando o levantamento de dinheiro limitado a 60 euros diários.

No entanto, nesse dia, Atenas decidiu manter os bancos encerrados até hoje.

O documento, assinado pelo presidente grego, Prokopis Pavlopoulos, e pelo primeiro-ministro, Alexis Tsipras, refere “a extremamente urgente necessidade de proteger o sistema financeiro e a economia grega devido à falta de liquidez provocada pela decisão tomada pelo Eurogrupo”.

As medidas radicais foram impostas para proteger o sistema bancário da ameaça de um pânico generalizado face à perspectiva de incumprimento pela Grécia e ao impacto do anúncio do referendo sobre as negociações com os credores.

O Governo grego tem um prazo limite até à meia-noite de quinta-feira em Bruxelas (23 h de Lisboa) para apresentar as suas propostas detalhadas de reformas, precisou hoje a Comissão Europeia, que reiterou que domingo será mesmo o dia decisivo.

Hoje, num debate no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, garantiu que vai apresentar na quinta-feira propostas “concretas” e “credíveis”.

Caso não seja alcançado um acordo no domingo, a Europa partirá então para o chamado “Grexit”, a saída da Grécia da zona euro, como já admitiram publicamente vários líderes europeus, tendo mesmo o presidente da Comissão, Jean-Claude Juncker, revelado na terça-feira que Bruxelas tem já “um plano detalhado” para esse cenário.

(Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook