Aliança ‘Salvar Faro, com Coração’ critica degradação da rede viária

Aliança ‘Salvar Faro, com Coração’ critica degradação da rede viária

412
PARTILHE
Movimento alerta para degradação da rede de estradas e caminhos no concelho de Faro
Movimento alerta para a degradação da rede de estradas e caminhos no concelho de Faro

A Aliança Cívica “Salvar Faro, com Coração”, liderada pelo antigo presidente da Câmara de Faro José Vitorino, denuncia que “a rede de estradas e caminhos no concelho de Faro desde há anos que sofre forte degradação na cidade, zonas suburbanas e zonas rurais, com problemas de insegurança e contestação das populações perante um direito sagrado de quem paga impostos e taxas”.

O grupo de independentes refere, em nota de imprensa enviada à nossa redacção, que “desde há muito que publicamente e de forma continuada tem denunciado a situação, cujas causas fundamentais são: falta de manutenção; drástica redução nas verbas atribuídas às freguesias; graves deficiências nos trabalhos nas obras de saneamento executadas por empreiteiros ao serviço de Fagar; e obras na Variante a Faro muito demoradas, com trânsito proibido em estradas vitais com sobrecarga e maior degradação de outras adoptadas como alternativas.

O movimento aponta carências como “buracos, lombas, piso degradado e irregular, valas por limpar, bermas perigosas, falta de semaforização, insuficiente iluminação e passadeiras ‘apagadas’”.

Assim, a Aliança Cívica “Salvar Faro, com Coração” exige que a “Câmara por si própria e com as devidas responsabilidades assumidas pela Fagar, Estradas de Portugal e Autoridade Portuária, face aos meios financeiros que for tendo disponíveis polarize um Plano de Emergência com um calendário de execução com carácter prioritário dentro de um prazo razoável”.

Facebook Comments

Comentários no Facebook