‘Poetas do Guadiana’ apresentam livro na biblioteca de Alcoutim

‘Poetas do Guadiana’ apresentam livro na biblioteca de Alcoutim

408
PARTILHE
O livro ‘Apontamentos da Margem’ foi escrito por 23 autores
O livro ‘Apontamentos da Margem’ foi escrito por 23 autores

A Biblioteca Municipal de Alcoutim recebe, esta sexta-feira, pelas 21 horas, a apresentação do livro “Apontamentos da Margem”, da autoria dos Poetas do Guadiana.

A apresentação insere-se na iniciativa “A Palavra Sexta à Noite”, tertúlias que mensalmente abrem à noite as portas da biblioteca com o objectivo de proporcionar serões de cariz cultural.

Conforme refere a Câmara de Alcoutim em nota de imprensa, “o grupo transfronteiriço ‘Poetas do Guadiana’, constituído por poetas e escritores, com maior ou menor notoriedade, surgiu de um movimento cívico que procura caracterizar culturalmente a zona das pontas do levante algarvio de Portugal e do poente andaluz de Espanha como centro de encontro de culturas”.

Pretendendo ser integrador, o movimento não se agarra a uma escola, a uma corrente, a outro projecto literário que não seja estimular a criatividade e o aparecimento de vocações literárias. Há, no seio do grupo, total liberdade para que cada membro participe à sua maneira, com o seu próprio estilo e gosto, de um e do outro lado da fronteira, ao mesmo tempo que continua a progredir em cada um dos projectos individuais de criação literária e segue o seu próprio rumo e tendência.

Autores de diversas origens e motivações

No livro de textos poéticos “Apontamentos da Margem”, há autores de diversas origens e com múltiplas motivações. Em comum, os 23 autores destes apontamentos têm o facto de terem colaborado com o movimento “Poetas do Guadiana” (em antologias, sessões de leitura e apresentações de livros) e a vontade de continuar a participar em diferentes tipos de publicações que promovam o território, a região e a partilha transfronteiriça.

“Apontamentos da Margem”, mais do que um encontro literário, é um espaço de partilha colectiva de momentos da viagem constante (“corrente da vida”) e dos sentimentos e inquietações (“sussurros da noite”) exposto em apontamentos com aroma a textos poéticos e servido em fatias escritas por 23 viajantes do século XXI. Os viajantes têm diferentes formas de entender o mundo e escrevem-nos com percepções múltiplas, o que faz destes apontamentos uma obra abrangente nas perspectivas analíticas de forma e de conteúdo, mas também de várias maneiras de sentir, pensar, questionar, viver.

A viagem “Apontamentos da Margem” traça o itinerário do Baixo Guadiana com palavras poéticas vindas dos concelhos de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António através de 20 autores: Ana Francisco, Anabela Santos Silva, Ângela Mascarenhas, António Cabrita, António Machado, Augusto Lourido, Cidália André, Graziela Costa, Hugo Pena, João Pereira, João Viegas, José Estêvão Cruz, Judite Viegas, Manuel Palma, Maria Luísa Francisco, Paula Amaro, Pedro Tavares, Sónia Luísa, Susana Castro e Susana Travassos. Com o objectivo de percepcionar a corrente e o sussurro do sotavento, prosseguiu-se viagem atém às margens do Atlântico, com paragens em Tavira, Olhão e Faro (Helena Cristina, Manuela Sabino e Paula Laranjo – foram as autoras convidadas).

Facebook Comments

Comentários no Facebook