Lagos apresenta quatro exposições até final do ano

Lagos apresenta quatro exposições até final do ano

445
PARTILHE
‘Olhares Lacobrigenses’, uma das exposições que pode ser apreciada
‘Olhares Lacobrigenses’, uma das exposições que pode ser apreciada

Quatro exposições estarão patentes em Lagos até final do ano, duas no Centro Cultural, uma na Fototeca Municipal e outra no Estádio.

No Dia do Município, Feriado Municipal em Lagos, assinalado no passado dia 27 de Outubro, foram inauguradas quatro exposições: no Centro Cultural de Lagos: “Gentes de Outros Tempos – 2ª edição”, “Horizontes Quadrilaterais”, na Fototeca Municipal, a exposição colectiva – “Olhares de Lacobrigenses” e uma outra no Estádio Municipal – “Carlos Cabral – 50 Anos de Glórias Desportivas”, organizada pela Lagos em Forma – Gestão Desportiva, E.M. S.A.

“Olhares Lacobrigenses” veio, segundo o técnico responsável pela Fototeca Municipal, Francisco Castelo, “inaugurar a verdadeira vertente e finalidade para a qual a sala do 2º andar da Fototeca foi criada: trazer os fotógrafos, especialmente os mais novos, a dar a conhecer o seu trabalho”, até porque segundo o mesmo, “felizmente há hoje em dia muitos jovens a fotografar, a fotografar muito e de perspectivas bastante interessantes”. No que diz concretamente respeito à exposição, o grande objectivo é “mostrar a fotografia na sua expressão mais artística”. Nela os ‘olhares’ de nove fotógrafos mostram essa variedade de sensibilidades e abordagens na representação que fazem do mundo fotografado”. Pedro Noel, um dos participantes aproveitou a ocasião para transmitir a sua opinião afirmando que “poder-se agora contar com um espaço em Lagos dedicado aos fotógrafos, e que permita a partilha de saberes e experiências nesta área, é muito gratificante”.

Duas exposições no centro cultural

No Centro Cultural as exposições foram apresentadas pelo presidente da Assembleia Municipal, Paulo Morgado, e pela vereadora da Cultura, Maria Fernanda Afonso, que relembrou a tradição de se inaugurar o último ciclo do ano de exposições no Centro Cultural de Lagos no Dia do Município. A vereadora referiu a propósito que “todas as exposições são bem-vindas, mas esta segunda edição da ‘Gente de Outros Tempos’ é especialmente acarinhada porque homenageia a nossa gente, a gente de Lagos, e que este ano em concreto, vem mesmo ao encontro do espírito e filosofia deste Dia do Município – homenagear e valorizar as pessoas”. Nesta exposição é possível lembrar ou conhecer pessoas de Lagos porque de acordo com Francisco Castelo, também responsável por esta mostra, “reconhecendo-se que aquilo que somos hoje também é resultado das ideias e da acção das gerações que nos antecederam, pretendemos, com esta exposição, relembrar algumas dessas pessoas mostrando as suas feições – o rosto daqueles de quem apenas conhecemos os nomes transportados pela tradição oral ou evocados na toponímia da cidade”.

No que diz respeito à exposição “Horizontes Quadrilaterais”, foi apresentada por uma das artistas participantes, Henryka Woerle, que começou por agradecer à autarquia “a oportunidade para dar a conhecer o trabalho deste grupo de quatro artistas, cada uma representando um país, e que traz o seu ponto de vista sobre o que entende por objecto artístico. Aqui, as interpretações quadrilaterais da realidade manifestam-se nas obras das quatro artistas (Anna Bieler / Alemanha), Di Della Pace / Canadá), Henryka Woerle / Polónia) e Susana de Medeiros / Portugal) – nas formas, nas cores, na plasticidade que utilizam e na tentativa de descrever e transcrever visualmente os seus próprios universos.

No Estádio Municipal, a Lagos-em-Forma também organizou uma exposição, “Carlos Cabral – 50 Anos de Glórias Desportivas”, que dá a conhecer o percurso desportivo de um dos mais medalhados atletas de Lagos, Carlos Cabral.

As exposições podem ser visitadas até ao final do ano.

Facebook Comments

Comentários no Facebook