Aprovado Projecto Mais Sucesso E6G da MOJU

Aprovado Projecto Mais Sucesso E6G da MOJU

474
PARTILHE
Projecto visa ajudar a colmatar as necessidades das crianças e jovens desfavorecidos do concelho de Olhão
Projecto visa ajudar a colmatar as necessidades das crianças e jovens desfavorecidos do concelho de Olhão

A MOJU – Associação Movimento Juvenil em Olhão viu recentemente aprovado o “Mais Sucesso – E6G”, um projecto de longa duração (para o triénio 2016-2018) no domínio da inclusão social de crianças e jovens para o concelho de Olhão.

O “Mais Sucesso – E6G” parte de um consórcio composto por 15 entidades (Câmara de Olhão; Junta de Freguesia de Quelfes; Madre Fruta Lda.; Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Olhão; PSP de Olhão; Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Fernandes Lopes; Agrupamento de Escolas Dr. Alberto Iria; Agrupamento de Escolas João da Rosa; Agrupamento de Escolas Prof. Paula Nogueira; Unidade de Cuidados na Comunidade Olhar+ – Agrupamento dos Centros de Saúde ACES Central 1; Centro de Emprego de Faro – Delegação Regional do Algarve do IEFP; Instituto Português do Desporto e Juventude – Direcção Regional do Algarve; Universidade do Algarve através da sua Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia – CRIA; IPSS Verdades Escondidas e MOJU), sendo a MOJU entidade promotora e gestora, que se propõem a desenvolver uma série de iniciativas no sentido de colmatar as necessidades das crianças e jovens, e respectivas famílias, socioeconomicamente desfavorecidos do concelho de Olhão.

Oitenta e oito projectos aprovados a nível nacional

O “Mais Sucesso E6G” é um dos 88 projectos aprovados a nível nacional no âmbito da 6.ª Geração do Programa Escolhas, que se destina à inserção de jovens e crianças em risco. Dos 88 que garantiram financiamento até 2018, quatro são da região Algarve.

O Escolhas é um programa de âmbito nacional criado em Janeiro de 2001, tutelado pela Presidência do Conselho de Ministros e fundido no Alto Comissariado para as Migrações (ACM), sendo financiado pela Direcção-Geral da Educação e pelo Instituto da Segurança Social, sendo co-financiado pelo Fundo Social Europeu Portugal 2020 e pelos Programas Operacionais Regionais de Lisboa e Algarve.

Mónica Moreira, coordenadora do projecto, sublinha que “para além do que é exigido em termos do regulamento e dos objectivos propostos em sede de candidatura, o ‘Programa Escolhas’ é também transversal a imensas áreas, apelando a uma participação cívica de todo o tecido social e à responsabilização social para a formação, o emprego, a educação, o apoio e mesmo o lazer, na perspectiva da construção de um futuro melhor, onde todos desempenhamos um papel fundamental na construção da sociedade, uma sociedade mais justa, mais solidária e mais capaz de atender aos interesses e necessidades de cada um e de cada grupo”.

Facebook Comments

Comentários no Facebook