Projecto ‘CRUSH’ traz alunos estrangeiros a escola de Olhão

Projecto ‘CRUSH’ traz alunos estrangeiros a escola de Olhão

765
PARTILHE
Grupo de 20 alunos e 14 professores de Itália, Espanha, Lituânia e Turquia vai participar em várias actividades no concelho
Grupo de 20 alunos e 14 professores de Itália, Espanha, Lituânia e Turquia vai participar em várias actividades no concelho

A Escola EB 2, 3 José Carlos da Maia, do Agrupamento Professor Paula Nogueira, em Olhão, recebe entre 15 e 19 de Fevereiro um grupo de 20 estudantes e 14 professores de Itália, Espanha, Lituânia e Turquia. A visita surge integrada no projecto “CRUSH – Conflict Resolution for Better School Management”, do programa Erasmus+, no qual a escola olhanense participa.

O Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira iniciou este ano lectivo duas parcerias estratégicas ao abrigo do Erasmus+, o novo programa da União Europeia para a educação, formação, juventude e desporto.

Uma destas parcerias é o projecto “CRUSH”, que envolve escolas de cinco países: Espanha, Itália, Lituânia, Portugal e Turquia, e tem a duração de dois anos lectivos.

Esta parceria tem vários objectivos, entre os quais “a melhoria das relações interpessoais e a diminuição da indisciplina e abandono escolar”. Ao longo dos dois anos, irão realizar-se duas reuniões transnacionais e cinco eventos de aprendizagem, o primeiro dos quais terá agora lugar na Escola José Carlos da Maia e focará essencialmente a integração de emigrantes no nosso sistema educativo.

Entre as actividades previstas, estão uma visita à Ilha da Culatra na terça-feira, dia 16, voluntariado no armazém do Banco Alimentar Contra a Fome, em Faro, na quinta-feira, dia 18, e um peddy paper no Parque Natural da Ria Formosa na sexta-feira, dia 19.

Na escola, os alunos e professores envolvidos no projecto vão participar em vários workshops sobre imigração, assistir a aulas e terão ainda vários momentos de convívio com os alunos olhanenses. Os alunos visitantes ficarão instalados em casas dos alunos portugueses.

Facebook Comments

Comentários no Facebook