Secretário de Estado do Ambiente inaugura ETAR de Vila do Bispo e...

Secretário de Estado do Ambiente inaugura ETAR de Vila do Bispo e Sagres

607
PARTILHE
Obra representou um investimento de cerca de os 2,3 milhões de euros
Obra representou um investimento de cerca de os 2,3 milhões de euros

O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, esteve esta quinta-feira em Vila do Bispo para descerrar a placa da nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Vila do Bispo e Sagres.

A obra, realizada pela pelas Águas do Algarve, significou um investimento que rondou os 2,3 milhões de euros e vai servir mais de 14 mil habitantes em época alta. “A conclusão desta infra-estrutura vem colocar um ponto final num longo processo que envolveu a sua construção e a dificuldade na aquisição do terreno”, explica a câmara vila-bispense. Para ultrapassar este último obstáculo “a obra acabou por ser executada num terreno da câmara local sito em Estreitura (Ponte da Granja) freguesia de Vila do Bispo e Raposeira”, acrescenta.

Carlos Martins, secretário de Estado do Ambiente
Carlos Martins, secretário de Estado do Ambiente

A nova ETAR irá tratar as águas residuais de uma parte do concelho de Vila do Bispo, nomeadamente as que actualmente afluem às ETARs de Vila do Bispo, Raposeira e Hortas de Tabual e ainda os afluentes à Estação Elevatória do Emissário Submarino do Martinhal (Sagres). Com a entrada em funcionamento desta infra-estrutura serão desactivadas estas instalações de tratamento, as quais possuem um grau de tratamento deficiente, e como tal, incrementando uma melhoria substancial no meio onde actualmente se efectuam as suas descargas.

Adelino Soares, presidente da  Câmara de Vila do Bispo
Adelino Soares, presidente da Câmara de Vila do Bispo

Para o presidente da autarquia, Adelino Soares, “a nova ETAR significa o culminar de várias diligências realizadas pela Câmara Municipal para que esta obra se concretizasse e que agora irá permitir uma melhoria substancial da qualidade de vida ambiental no concelho, dado que é uma resposta adequada às necessidades do município”.

Adelino Soares aproveitou a presença do secretário de Estado do Ambiente no concelho para lançar o desafio ao governo central para construir uma nova ETAR em Burgau.

Para as Águas do Algarve “esta obra significa uma melhoria dos níveis de tratamento das águas residuais e consequentemente da qualidade do efluente a ser devolvido aos cursos naturais e que irá dispor ainda de uma linha dedicada e adequada ao tratamento de efluentes provenientes de limpa-fossas”.

O equipamento deve entrar em funcionamento no próximo mês de Junho.

Facebook Comments

Comentários no Facebook