Albufeira convida a apresentar propostas para o Orçamento Participativo

Albufeira convida a apresentar propostas para o Orçamento Participativo

72
PARTILHE
- Pub -

 

O Orçamento Participativo visa promover uma gestão de proximidade entre decisores e cidadãos
O Orçamento Participativo visa promover uma gestão de proximidade entre decisores e cidadãos

É já na próxima terça-feira que começa a recolha de propostas para a 3ª edição do Orçamento Participativo de Albufeira, edição de 2017. Trata-se de um processo de gestão partilhada entre o Município e a população que visa promover uma gestão de proximidade entre decisores e cidadãos, contribuindo para aumentar a transparência e o reforço de mecanismos de corresponsabilização.

As sessões públicas de participação vão decorrer durante a primeira quinzena do mês, de acordo com a seguinte calendarização: 5 de Abril (20.30) – na Escola EB 2,3 de Ferreiras | 7 de Abril (18.30) – Escola EB1 de Olhos de Água | 11 de Abril (20.30) – Escola EB 2,3 da Guia | 13 de Abril (18.30) – Salão da Junta de Freguesia de Paderne| 15 de Abril (20.30) – Escola Secundária de Albufeira.

De salientar que o Orçamento Participativo abrange todo o território municipal, sendo que nesta terceira edição é dedicado ao Desenvolvimento Sustentável, dispondo de uma verba de 150 mil euros, destinada a financiar os projectos que vierem a ser seleccionados pelos cidadãos nas sessões públicas de recolha de propostas.

O Centro de Bem-Estar Animal, projecto vencedor da primeira edição, encontra-se em fase de adjudicação
O Centro de Bem-Estar Animal, projecto vencedor da primeira edição, encontra-se em fase de adjudicação

Entretanto já há novidades relativamente ao Centro de Bem-Estar Animal, projecto vencedor da primeira edição. O projecto encontra-se, actualmente, em fase de adjudicação, com previsão de quatro meses para execução da obra. A intervenção irá consistir na ampliação da capacidade das atuais instalações de recolha de animais do Estaleiro Municipal, melhorando o seu acolhimento através da construção de um pequeno edifício com uma área de 110m2. O futuro Centro irá ter um espaço para gatil, sala para banho dos animais, recepção, sala de atendimento veterinário, sala para auxiliares de acção veterinária, sala de cirurgia animal, vestiários, sanitários, arrumos e a construção de dez casotas, com recinto para cães, bem como um espaço de treino animal na zona de interligação entre o actual centro de recolha e o edifício do Centro de Bem-Estar Animal.