Operação ‘Censos Sénior 2016’ da GNR identifica idosos sozinhos

Operação ‘Censos Sénior 2016’ da GNR identifica idosos sozinhos

459
PARTILHE
Operação pretende identificar a população idosa que vive sozinha e ou isolada
Operação pretende identificar a população idosa que vive sozinha e ou isolada

A operação “Censos Sénior 2016” da Guarda Nacional Republicana vai decorrer durante o mês de Abril, em todo o território nacional, para identificar a população idosa que vive sozinha e ou isolada.

Em comunicado, a GNR avança que a operação deste ano irá actualizar os registos das edições anteriores, bem como identificar novas situações, além de, pela primeira vez, ir fazer um levantamento das pessoas portadoras de deficiência, informando as entidades competentes das situações de potencial perigo.

De acordo com a guarda, durante a operação vão ser igualmente realizadas acções de sensibilização para que a população em questão “adopte comportamentos de segurança que permitam reduzir o risco de se tornarem vítimas de crimes”.

Os militares da GNR vão fazer ainda a divulgação do programa “Residência Segura”, que permite recolher os elementos necessários para a elaboração do mapa da região, com a localização georreferenciada de todas as residências aderentes ao projecto.

Esta identificação geográfica tornará mais eficazes as acções de patrulhamento e a vigilância dos militares da GNR, tornando mais célere a resposta em casos de urgência.

Na operação “Censos Sénior 2015, a GNR sinalizou 39.216 idosos dos quais, 23.996 viviam sozinhos, 5.205 viviam isolados, 3.288 viviam sozinhos e isolados enquanto 6.727 não estavam enquadrados nas situações anteriores, mas encontravam-se em situação de vulnerabilidade fruto de limitações físicas e/ou psicológicas.

(Agência Lusa)

Facebook Comments

Comentários no Facebook