Aljezur estuda sustentabilidade do surf no concelho

Aljezur estuda sustentabilidade do surf no concelho

416
PARTILHE
Protocolo estabelece alicerces para um estudo sobre o mercado do surf no concelho
O município quer perceber qual o potencial da modalidade nas suas praias

Aljezur recebe esta sexta-feira, dia 20 de Maio, uma sessão preliminar de auscultação dirigida às entidades públicas e institucionais, das 14 às 15 horas, e às escolas de surf que operam no concelho de Aljezur, das 15 às 16, na sala polivalente do Pavilhão Desportivo (Complexo Desportivo de Aljezur).

A reunião insere-se na metodologia do estudo de sustentabilidade para a prática do turismo de surf no município de Aljezur, que está a ser dirigido por uma equipa de investigadores da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da Universidade do Algarve (UAlg), no âmbito de uma parceria estabelecida entre o município e esta entidade pública.

Recorde-se que a Câmara de Aljezur aprovou, no dia 7 de Julho de 2015, a proposta de estudo/trabalho para a análise, caracterização e desenvolvimento do surf no concelho.

Esta aprovação dá continuidade ao protocolo entre a autarquia e a UAlg, celebrado entre José Amarelinho, presidente da Câmara de Aljezur e o reitor da universidade, António Branco, que pretende estudar o nicho de mercado do surf e o seu impacto actual e potencial no município.

- Pub -

“Pela importância que este estudo representa para esta edilidade e para o avanço dos estudos sobre o turismo numa região com oportunidades únicas para o aproveitamento do grande potencial turístico do surf”, a autarquia aljezurense apela “ao interesse e envolvimento dos intervenientes nesta área, agradecendo a disponibilidade de todos para o melhor sucesso deste estudo”, pode ler-se em nota de imprensa enviada pela autarquia às redacções.

Análise ao profundada da fileira do turismo associada ao surf é o propósito do estudo

Ao POSTAL, José Amarelinho afirmou que “o surf é um desporto muito importante para Aljezur, na medida em que permite criar sustentabilidade para a prática da modalidade e, ao mesmo tempo, potenciar o turismo no concelho”. O presidente adianta que o objectivo do estudo é fazer “uma eficiente caracterização do surf no município, enquanto produto turístico ordenado, competitivo e sustentável”.

O município de Aljezur pretende, assim, perceber se uma eventual aposta séria nesta modalidade desportiva seria, ou não, compensatória para o concelho, sobretudo a nível económico.

Caso o estudo revele indicadores positivos, esta será uma oportunidade para serem criados postos de trabalho directos, através da abertura de novas escolas de surf e lojas especializadas, entre outros possíveis investimentos.

O estudo está já no terreno e deve estar concluído até ao final do ano. A reunião desta sexta-feira será a primeira de duas sessões abertas ao público, que servirão para perceber as probabilidades de sucesso da criação de condições de sustentabilidade na fileira do turismo – económica e desportiva -, como é o surf.

(Com Ricardo Claro)

Facebook Comments

Comentários no Facebook